quarta-feira, 31 de julho de 2013

SOU CRISTÃO, IDOLATRIA NÃO!!!


Deus abomina qualquer tipo de idolatria, pois ela cega os homens e os fazem adorar o inimigo, enquanto pensam estar prestando culto ao Senhor. As pessoas levadas a adorar os ídolos tornam-se presas dos piores demônios, os quais as escravizam de um modo tão vil, que lhes cegam o entendimento para não perceberem o erro no qual estão envolvidas. Os idólatras jamais agradam ao Altíssimo.

Os idólatras não conseguem ver quão insensatamente vivem e não percebem que, a cada ato praticado, mais se afastam do verdadeiro Deus. Alguns criam seus próprios ídolos; outros aceitam qualquer um que a imaginação do homem idealiza. A eles devotam seu amor e são capazes de se sacrificar para ter aquele boneco de madeira, gesso ou outro material diante deles.

A idolatria pode ser praticada até mesmo no Evangelho, pois a pessoa que coloca acima da Palavra de Deus o que um pregador declara faz dele seu ídolo. Por incrível que parece, para muitas delas, o que mais importa é o que alguém diz. Elas ouvem a Palavra, mas não conseguem crer nEla e, com isso, ficam privadas do poder necessário para vencer. Se abrissem os olhos e buscassem o Senhor nas Escrituras, elas O encontrariam.

A tentativa de comparar o Deus vivo com qualquer figura só redundará em fracasso total. O Altíssimo não Se deixa comparar nem permite que isso seja feito. Ele é Senhor absoluto, enquanto os ídolos são figuras criadas pelo homem, com inspiração demoníaca. A proibição vem desde os Dez Mandamentos (Êx 20. 4,5). Os que não cumprem tal ordem haverão de sofrer, pois o inimigo ficará livre para tocar neles.

A idolatria fecha o entendimento dos seus praticantes, levando-os cada vez mais para longe da luz verdadeira. Por mais que uma pessoa seja sincera e ore, a idolatria impede seu entendimento. A mesma mensagem que inspira alguém, tornando-o um vencedor, não consegue fazer o mesmo com o idólatra, pois este vê tudo ao contrário.

Aqueles que se dão a esse tipo de abominação jamais encontraram paz e realização na vida, no entanto, por não enxergarem a verdade, vão caminhando a passos largos para perdição eterna. Temos que buscar a unção do Senhor e, com amor e paciência, lutar para abrir os olhos dos idólatras. É triste vê-los nesse estado lastimável.

Só o amor de Deus em ação pode libertar indivíduos que caíram nas teias da idolatria e da feitiçaria. Uma vez libertos, eles se tornarão cristãos dedicados, pois a quem muito perdoou muito amou (Lc 7. 47a)


Nenhum deles cai em si, já não há conhecimento nem compreensão para dizer: Metade queimei e cozi pão sobre as suas brasas, assei sobre elas carne e a comi; e faria eu do resto uma abominação? Ajoelhar-me-ia eu diante de um pedaço de árvore.
Isaías 44. 19



MINHA ORAÇÃO

Senhor Deus!
O tempo de estupidez espiritual tem voltado. Já não são poucos os que, apesar de terem sido iluminados e libertos do império das trevas, têm voltado a ser servos da prostituição, da mentira, dos interesses próprios e, assim, do diabo.

Senhor, 
levanta os Teus servos para declararem à nossa geração o seu pecado. 
Que os homens acordem e fujam da mentira, das atrações da carne e do desrespeito à Tua santa Palavra. Não é pequeno o número de servos Teus que estão servindo a Mamom.

Livra-nos da cegueira da idolatria, da fascinação das riquezas, da servidão dos cuidados da vida e da ambição. Pai, como dói ver alguns dos Teus filhos dominados por sentimentos que não vêm de Ti!
Senhor liberta a Tua Igreja!

x_3e1c66cc photo x_3e1c66cc_zps06a001ac.gif



domingo, 28 de julho de 2013

DUAS ATITUDES SENSATAS!



A pessoa que nasceu de novo tem de aquietar-se e saber que o Senhor é Deus, pois, sendo recriada em Cristo Jesus, ela não pode desesperar-se em razão das pressões da vida. Fazer o cristão ficar inquieto é uma das estratégias diabólicas, pois, assim, ele se desligará do Pai e dará ouvidos ao que o sujo tentador diz. Nas horas de provação, o indivíduo que não estiver firmado e enraizado em Cristo será capaz de agir como os perdidos. Por outro lado, aquele que estiver firme na fé de modo algum deixará o inimigo afastá-lo da presença divina.

O nosso velho homem não tinha paz, vivia perturbado e afligia-se com todas as insinuações do maligno. Por natureza, éramos submissos às forças infernais que faziam de tudo para nos levar cada vez mais à destruição. No entanto, quando ouvimos a mensagem mais doce do mundo, o santo Evangelho, passamos por um processo de transformação completa. O nosso espírito nasceu de novo, e o velho homem foi sepultado do batismo. Então, não podemos deixar que ele ressuscite e volte a nos dirigir, pois, se isso ocorrer, de nada terá válido a nossa conversão. 

Por sermos novas criaturas, não podemos deixar nosso coração perder a paz, mas, em tudo, devemos ser exemplos de quem confia no Senhor. Ora, Jesus é a verdade (Jo 14. 6), Ele disse a verdade e, por isso, Sua Palavra deve ter o lugar de senhorio em nossa vida. Não é admissível afirmarmos ser membros do Corpo de Cristo e, quando a tentação chegar, voltarmos a a gir como no passado. Jamais podemos aceitar que a inquietação tome conta de nossa vida. O diabo pode tentar levar-nos a crer que o Pai nos abandono, que o nosso caso não será solucionado e, dessa vez, não teremos ajuda divina - portanto, não passaremos ilesos pela crise. Ora, não devemos acreditar no adversário, pois ele é mentiroso e pai da mentira (Jo 8. 44) mas, sim, crer em Quem jamais mentiu e nunca foi infiel ao que prometeu.

Não importa a crise que se abateu sobre você. O Altíssimo operará em seu favor para que você e outros saibam que Ele verdadeiramente é Deus. Leve agora o seu problema ao trono da Graça e, em Nome de Jesus, fale tudo com o Senhor, sem esconder nada. Então, verá o que Ele fará. Essa situação não aguentará a manifestação dAquele que é fogo consumidor (Hb 12. 29). Ele virá em seu socorro tão logo você ore e creia.

O inimigo pode pintar um quadro bem sombrio, mas para quem crê isso não representa nada. O cristão fiel sabe que o Senhor não mente, não tarda nem abandona aquele que coloca a sua confiança nEle. Portanto, não olhe para o que aparentemente é, mas para o que verdadeiramente é. O Senhor é o seu socorro, refúgio e fortaleza (Sl 18 2).
Pelo que Deus fará em seu favor, Ele será exaltado entre as nações e por toda a Terra. Então, tome a decisão certa e seja bem-sucedido.


MINHA ORAÇÃO

Pai de amor!
Hoje entendi duas ordens que Tu dás a Teus filhos e, como não quero ser um filho desobediente, farei o que dizes. Tenho de me aquietar e saber que Tu és Deus. Agora, entendo que isso é mandamento.

Se me angustiar, sairei da Tua presença e, com isso, ficarei nas mãos do inimigo. Se me desesperar, perderei a paz e a capacidade de agir em Teu Nome e usar os problemas como oportunidades que Tu me concedes para mostrar que, de fato, confio em Ti.

Agora, declaro que não importa a crise que se abala sobre mim, sairei vencedor. Em Teu Nome, o que eu determinar conseguirei, pois Tu farás a obra e Tu és simplesmente Deus, o único e verdadeiro Deus. 
De que mais preciso?


x_3e1c66cc photo x_3e1c66cc_zps06a001ac.gif




quarta-feira, 24 de julho de 2013

ARROGÂNCIA: Comportamento agressivo, soberbo e lamentável!




A arrogância de muitas pessoas as leva a tropeçar e cair diante das adversidades. 
Elas não sabem, mas esse tipo de procedimento é ditado por uma força diabólica, um espírito maligno que já habita naquele coração. Na verdade, qualquer anormalidade é sinal de que o Inferno está influenciando ou dirigindo aquela vida. O melhor a se fazer em favor de quem tem esse tipo de comportamento é orar, intercedendo pela pessoa e, havendo oportunidade, com sabedoria, tentar abrir seus olhos.

O arrogante é vaidoso e não sabe que a vaidade não compensa, porque é vazia de conteúdo divino e, ao mesmo tempo, recheada de coisas malignas. Meu irmão, é preciso usar de humanidade, ser amigo de todos, e, ainda que alguém sinta que possui mais do que outras pessoas deve portar-se com moderação, para que o seu modo de agir não ofenda ninguém (I Pe 5. 5)

A firmeza das Escrituras se dá por ser a voz de Deus e ter nelas a própria essência divina. Nenhuma palavra do Senhor é vazia de poder; ao contrário, toda palavra que sai da boca do Altíssimo traz com ela a virtude divina para realizar aquilo que anuncia. Quando se ouve a Palavra de Deus, sentimos que ela é diferente da palavra do homem, pois possui um peso de autoridade.  Isso ocorre porque o próprio Senhor testemunha a seu respeito.
Quem crê no que lhe é anunciado vê a glória de Deus realizando a obra prometida. Já os que creem, ainda que orem por horas a fio ou jejuem com bons propósitos, não são atendidos. O que faz o milagre acontecer é orar com fé, crendo que o Pai prometeu se cumprirá. A verdade é que nenhuma palavra do Senhor é vazia de poder.

Agora, pois, Senhor que espero eu?
A minha esperança está em ti.
Salmo 39. 7

O mais produtivo é colocar sua esperança no que o Senhor fala ao seu coração, pois, desse modo, você fecha a porta para o maligno e a abre para o nosso deus agir. Ao escutar a pregação ou ler a Bíblia, você tem a oportunidade de aprender a verdade. Uma vez ouvido o recado divino, determine o que lhe foi anunciado e  considere a obra como feita.


Deus tem um compromisso eterno com o que diz e garante que, mesmo que os céus e a terra passem, o que saiu dos Seus lábios jamais deixará de ser cumprido (Mc 13. 31). Então, uma  vez entendida a vontade do Senhor, creia e ore, determinando o seu cumprimento.

A partir de então, feche os ouvidos para as sugestões do inimigo - assim você vencerá.




MINHA ORAÇÃO


Ó Deus!

Jamais me deixes ser arrogantes e, com isso, achar que não preciso de Ti. 
Necessito mais de Ti do que do ar que respiro. 
Se eu não Te tiver ao meu lado, o inimigo roubará os meus sonhos, 
destruirá os meus sentimentos e me matará.

Tudo o que for vazio do Teu conteúdo para mim não presta. 
Desejo estar longe da vaidade, da tentação e de todo envolvimento maligno. 
Sei que isso só me será possível se tiver a Tua unção sobre minha cabeça.
Que o meu agir nunca ofenda ninguém, nem mesmo os perdidos. 
Almejo saber usar a Palavra que me tens dado, pois, nela, 
há o poder necessário para me ajudar em todos os momentos. 
Senhor, preciso do Teu testemunho sempre.

x_3e1c66cc photo x_3e1c66cc_zps06a001ac.gif




quinta-feira, 18 de julho de 2013

OS RISCOS DA OBRA DE DEUS



O Senhor não oferece um mar de rosas a quem Ele chama para pregar a Palavra, pois sabe que tal pessoa tem de participar dos sofrimentos de Jesus. É aconselhável que aquele que for chamado para fazer a divina obra, prepare-se para passar por alguns contratempos. Muitas angústias seriam evitadas se o cristão soubesse o que fazer diante de uma perseguição. É fato que muitos irmãos passarão por momentos dificílimos ao levar a Preciosa Semente aos perdidos. Isso já tem acontecido em toda a história da Igreja e continuará ocorrendo.

Quem vive em terras onde há liberdade completa de culto não imagina o quanto padecem os nossos irmãos que residem em lugares tenebrosos, onde as forças infernais tentam barrar, a qualquer custo, o progresso da obra divina. Em 2009, no Estado de Orissa, na Índia, muitas igrejas evangélicas foram queimadas, dezenas de cristãos perderam a vida por serem servos do Senhor Jesus.

Os apóstolos foram avisados do que lhes aconteceria, mas não se acovardaram, deixando-nos o exemplo de que alguns, por vezes, terão de pagar com sofrimentos e, em alguns casos,  com a própria vida para que a mensagem chegue a todos (At 20. 22 -24). Isso choca aos que não conhecem a história da Igreja nem o que nos ensinou Jesus. A pregação das Boas-Novas é diferente de uma ideia política ou o ensino de uma filosofia religiosa. O Evangelho luta contra as forças das trevas, que se esforçam para manter os seus súditos.
Felizmente, haverá recompensa para toda obra que fazemos no Evangelho: desde uma pequena oferta dada apenas para comprar um copo de água fria até sofrimentos físicos pelos quais teremos de passar. Então, o melhor é sermos servos do Senhor. Se o Pai nos colocar em lugares aprazíveis, glória a Deus; mas, se Ele nos enviar a locais turbulentos, também devemos dar glórias a Ele. Em tempos de paz ou de guerra, é necessário sermos fiéis ao chamado, pois, um dia, prestaremos contas da nossa chamada.

Nunca fuja do que está programado para acontecer com você, pois, se o Senhor o permitiu, Ele irá recompensá-lo na eternidade. Os perdidos precisam ouvir e, em muitos casos, o que nos sucede fortalece a mensagem, despertando vidas para a salvação eterna. A preservação física da vida é muito boa, porém a salvação eterna de uma pessoa é infinitamente mais preciosa. Vive-se na Terra cerca de 70, 80 ou alguns anos a mais, mas os que forem salvos ficarão bilhões de anos vezes bilhões de anos para sempre com o Senhor.

Aqueles que, verdadeiramente, são de Deus não recuam nunca. Já os que querem ser fazer do Evangelho, mas não têm compromisso com a Verdade, quando veem as situações difíceis, dão um passo para trás, desistem e, assim, não percebem que as suas atitudes os levarão à perdição eterna (Hb 10. 38,39). Que o Senhor o faça fiel é a minha oração.

Pois, estando ainda convosco, vos predizíamos que havíamos de ser afligidos, como sucedeu, e vós o sabeis.
I Tessalonoicenses 3. 4


MINHA ORAÇÃO

Pai de misericórdia!
Tu já nos avisaste que, no mundo teríamos aflições e os que quisessem viver piamente sofreriam perseguições. Por isso, ajuda-nos a entender Tuas consolações descritas em Tua Palavra.
Sei que temos de seguir os exemplos dos apóstolos que pagaram um alto preço para levar a Preciosa Semente aos corações necessitados. Que isso sirva de exemplo para a Tua Igreja nos dias de hoje, a fim de que não haja quem tire as mãos do arado.
Senhor, muitas vezes, as perseguições esta dentro do lar, no trabalho e na vizinhança. Oro para que os que são chamados segundo o Teu propósito não vacilarem. Que todos os Teus filhos saibam enfrentar o que vier contra eles com sabedoria e prudência!

x_3e1c66cc photo x_3e1c66cc_zps06a001ac.gif





domingo, 14 de julho de 2013

CUIDADO COM AS DOUTRINAS DOS HOMENS!


O homem, mesmo bem intencionado, que cria preceitos e doutrinas para governar a obra de Deus comete um grande erro e, por isso, pagará caro no dia do acerto de contas. 
Quando haverá a separação: as ovelhas para a direita e os bodes à esquerda! 
Aquilo que é necessário para ajudar as pessoas a servirem ao Senhor já foi estabelecido nas Escrituras. O melhor é não criar normas ao trabalho do Espírito Santo. O culto a Deus -  deve ser dirigido única e exclusivamente pelo Santo Espírito, de acordo com o que está registrado na Palavra.

Quem elabora regras e mandamentos para dirigir o culto a Deus ofende a sabedoria divina, pois seu ato é como uma declaração de que o Pai não é perfeito e completo, e, por isso, precisa de alguém que lhe dê "uma mãozinha". Se, um dia, você achar alguma deficiência no serviço da casa de Deus, pergunte a Ele, pois, sem dúvida, você está com os olhos fechados.

A verdade é que tudo o que foi criado pelo homem, em se tratando de assuntos relativos à obra divina, não terá valor algum para esta. O que precisamos é ouvir a pregação e prestar atenção na leitura bíblica, pois, desse modo, o nosso Pai nos ensina o que fazer para que Sua vontade seja cumprida tanto em nossa vida como na das pessoas.

Quem tiver juízo, ainda que solicitado  a dar opinião sobre a melhor maneira  de servir a Deus, deve recusar-se a pôr a mão onde o Altíssimo não o chamou.
O Senhor estabeleceu em Sua Palavra o caminho a ser trilhado no sentido de alcançá-Lo e receber dEle Suas bênçãos. Segundo Ele, quem crê e observa os preceitos dos homens e por eles se esforça para agradar-Lhe age de modo inútil. Olhando para o que o Mestre ensinou, podemos dizer que as normas humanas jamais serão utilizadas pelos Céus. Jesus foi categórico ao afirmar que Ele não aceita testemunho humano nem glória que venha dos homens ( Jo 5. 34 - 41) . Então, o melhor a fazer é fugir daquilo que não agrada ao Senhor.

Os preceitos das religiões, se comparados aos divinos de longe perderão. O fato se dá porque o homem não tem condições de legislar para o mundo da perfeição. É a graça divina que nos capacita a entrarmos na presença do Todo- Poderoso e servimos a Ele. Até as pessoas mais educadas e as consideradas piedosas jamais poderão criar alguma coisa a ser utilizada por Deus. Por outro lado, toda doutrina que se fazia necessária para que as pessoas aprendessem a andar com o Altíssimo já foi registrada nas Escrituras.

A mente erudita, até as muito treinadas, está bem aquém da sabedoria divina. Quanto às doutrinas de todas as religiões, essas invenções perecem pelo uso, 
sendo completamente desnecessárias para o culto ao nosso Pai.


MINHA ORAÇÃO

Deus Criador de todas as coisas!
Não me deixes criar doutrinas e preceitos para governar a Tua obra.
Que me seja revelada a Tua vontade para que eu me parte com decência e honradez diante dos meus irmãos e os leve a Te amar mais!
Obrigada pelo que escrevestes em Tua Palavra a respeito do culto que devemos prestar a Ti. Com isso, não precisamos nos preocupar em sermos enganados pelo inimigo, que está ao nosso derredor para nos propor meios
 "mais fáceis e produtivos".
Pai, ensina-nos a não nos desviar do que está escrito, pois o resto é lixo da pior espécie. Seguindo as Tuas direções, jamais nos perderemos na teia dos emaranhados "teológicos" dos homens e, nas Escrituras encontraremos o caminho da felicidade.
x_3e1c66cc photo x_3e1c66cc_zps06a001ac.gif




domingo, 7 de julho de 2013

COMO CONHECER OS MORTOS ESPIRITUAIS



Os salvos têm a obrigação de louvar o Senhor, pois sabem o que se passou com eles. A sua entrada no Reino de Jesus não foi uma mera troca de religião, mas, sim, uma obra grandiosa que o Altíssimo fez em sua vida. Sem a salvação, todos os homens são iguais. Muitos praticam o que é errado e não são descobertos, por isso passam por boa gente. No entanto, os que experimentaram a salvação viram o poder de Deus tirá-los da perdição e, por esse motivo, hoje já não fazem  mais as obras que faziam. Agora, eles devem louvá-Lo, pois ser liberto do pecado é uma maravilha. Não há ninguém que viva em pecado e ainda desfrute de paz e segurança.

Os que ainda não foram salvos estão mortos espiritualmente. Muitos deles são nossos amigos, colegas de trabalho ou profissionais liberais, dos quais utilizamos os serviços, como médicos, advogados, dentistas e demais pessoas que nos ajudam e servem. Por não terem a vida espiritual, eles não conseguem louvar a Deus nem reconhecer a Sua existência e soberania. Em caso de morto, o remédio não é o mesmo usado para os moribundos; mas, se você apresentar o problema ao Senhor, Ele lhe dará a melhor solução.

Os perdidos que já conseguem falar um pouco de Deus e reconhecer o que Ele faz ou é capaz de fazer estão começando a ressuscitar. Para esses, o remédio é diferente, porém, em ambos os casos, é preciso pedir ao Senhor que nos dirija em tudo. Como sabemos que Ele não fará nada fora da Sua Palavra, precisamos ministrar aquilo que aprendemos pelas Escrituras e, sob inspiração divina, outras passagens bíblicas virão. O Altíssimo declara que, se formos sábios, alegraremos Seu coração (Pv 27. 11).

É preciso notar aquele familiar, amigo ou conhecido que está conosco na mesma fé, mas já não ora como antes, não tem mais ânimo para evangelizar ou ajudar a obra de Deus. Pode ser que aquela pessoa esteja morrendo ou já tenha morrido espiritualmente. Se estiver morrendo, o Senhor pode curá-la e devolvê-la ao nosso convívio; contudo se estiver morta, Ele pode dar vida de novo a ela. Jesus disse que aquele que nEle cresse, ainda que estivesse morto, viveria (Jo 11. 25). Se essa for a sua condição, seja ressuscitado agora, em Nome de Jesus.

Há casos em que a família inteira está morta espiritualmente. Um membro começou a fazer negócios e a ganhar um pouco mais de dinheiro, contaminando todos. Jesus avisou que que a fascinação das riquezas, os cuidados da vida e a ambição de outras coisas fariam a Palavra ficar infrutífera (Mc 4. 19). 
Cuidado! 
Não caia nessa armadilha, pois essas coisas levam os mais santos ao pecado.

Os que experimentaram a salvação viram o poder de Deus tirá-los da perdição.

Pai! 
Hoje sei o que significa ser salvo, pois, quando vivia no pecado, eu não tinha noção de como era usado pelo inimigo. Eu me sujava e levava outros a também se sujarem, mas, desde que fui salvo,  a minha vida tem sido um exemplo de honradez.
Venho pedir pelo meu irmão que ainda não percebeu bem que Tu fizeste para com ele. A pessoa que está no pecado é como a que sonha; por isso, eu Te peço, tira-a do mundo da fantasia e traze-a para a realidade.
Sei o que se passou comigo, e, por isso, suplico a Tua misericórdia para todos os que estão no erro. 
Pai, o que mais posso fazer para abrir os olhos dos irmãos que são fracos na fé e, por isso, deixam-se levar pelas tentações?


Os mortos não louvam ao SENHOR, nem os que descem à região do silêncio.
Salmo 115. 17

x_3cebcff8

quarta-feira, 3 de julho de 2013

GLÓRIA E MAJESTADE DUPLICADAS


Toda pessoa que veio ao mundo é uma obra do Altíssimo, não importa se nasceu em um país considerado cristão ou não. Deus tem um plano maravilhoso para essa vida e, sem dúvida, irá cumpri-lo se ela escutar o que Ele diz. Desprezar alguém por qualquer motivo é uma afronta ao Criador, pois, como Ser perfeito, o Senhor não criaria ninguém por acaso ou para algum propósito sujo. Ao pregarmos o Evangelho para todas as criaturas, estamos colaborando para que o sonho divino se realize.

Aquele que recebe Jesus como Salvador não o faz por acaso. A sabedoria divina levou essa pessoa a tomar a decisão mais sábia de sua vida. Por meio de um trabalho especial, realizado pelo próprio Deus, o homem é alcançado pela graça divina e, por isso, pode-se dizer o seu valor é altíssimo. Levar alguém ao conhecimento da vontade do Pai e o trabalho mais lucrativo e importante que pode ser feito.

Em ambas as obras, o nascimento natural e o novo nascimento, há glória e majestade do Altíssimo Deus Criador. O Senhor nunca economiza capacidade no que faz. Na criação, ao fazer o homem, o Onipotente usou toda a Sua sabedoria. Na recriação, Ele também não agiu de qualquer modo. Todo novo convertido é feitura de Deus, recriado em Cristo Jesus. Pelo trabalho que o Senhor tem de levar as pessoas à salvação, podemos concluir que somos importantes para Ele.

O Criador de todas as coisas é o Deus justo. Quando o homem pecou, o Altíssimo teve de expulsá-lo de Sua presença. Então, para que voltássemos a ter comunhão com o Pai, Ele teve de enviar seu único Filho, o qual sofreu pelos nossos pecados e morreu em nosso lugar (Gl 1. 3,4). Hoje, não há nada mais a ser feito para que sejamos libertos das opressões e de todo o poder do inimigo. Basta aceitarmos Jesus como Salvador e vivermos de acordo com aquilo que Ele nos orienta elas Escrituras. Para que isso se tornasse real, Deus fez Jesus cumprir toda a justiça a fim de nos dar a salvação.

A justiça que o Altíssimo dispensou para fazer de nós, hoje, membros do Corpo de Cristo permanece para sempre. Mesmo que você tenha-se desviado e feito o que o demônio queria, a justiça de Deus ainda está falando seu nome perante o trono da Gloria.
Aproveite essa bênção e garanta a sua salvação eterna.

Em suas obras há glória e majestade, e a sua justiça permanece para sempre.
Salmo 111. 3

Pai de amor!
Como é lindo saber que tens um plano bom e perfeito para cada ser humano!
Nisso, vejo a importância do Teu chamado para a minha vida.
Sei que preciso ir aos confins do mundo e falar a todos dessa verdade.

Os que aprendem o Teu caminho e o seguem veem o quanto o Senhor é bom. Tu tens preparado para todos os que ouvirem o Evangelho e derem crédito ao Teu Espírito o melhor que o homem jamais poderia ter. A eternidade ao Teu lado será maravilhosa.

Que eu nunca despreze alguém por algum motivo, pois isso feriria o Teu amado e sensível coração. Assim como Tu me alcançaste com a Verdade, outros também precisam ser alcançados. Envia-me para levar todos a provarem o Teu amor.

x_3cebcff8

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...