quinta-feira, 31 de outubro de 2013

ONDE TEMOS ERRADO


Conferimos o texto de Filipenses 4. 6 com relação à oração:
 Não estejais inquietos [ou ansiosos] por coisa alguma; antes, as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus, pela oração e súplicas, com ação de graças. 

Nesse versículo, Deus ordena que não apenas oremos ou peçamos, mas também façamos isso com ação de graças!
A igreja tem gastado pouquíssimo tempo estudando as ações de graças e o louvor. Digo isso porque o Senhor certa vez, mostrou-me que muitos cristãos não têm errado muito em sua caminhada da fé, mas, sim, no louvor. Subestimando o poder tremendo, o qual é disponibilizado quando adoramos o Pai celestial.

A Bíblia enfatiza o poder da oração e do louvor nesta passagem:
ATOS 16. 25, 26
25 Perto da meia-noite, Paulo e silas oravam e cantavam hinos a Deus, e os outros presos os escutavam.
26 E, de repente sobreveio um tão grande terremoto, que os alicerces do cárcere se moveram, e logo se abriram todas as portas, e foram soltas as prisões de todos.

Por pregarem o Evangelho, Paulo e Silas foram presos na parte mais escura e profunda da prisão - o calabouço -, sofreram açoites e tiveram as costas feridas e os pés presos em troncos (At 16. 23, 24). Ainda assim, oraram ao Senhor e louvaram o Seu Nome; então, a libertação deles chegou!

A experiência desses servos de Deus nos ajuda a ver os benefícios de adorar o Altíssimo e saber que, para viver acima das circunstâncias negativas, devemos orar ao Pai e render-Lhe adoração.

Não interessa que adversidade surja, podemos experimentar a vitória que o Todo-Poderoso planejou para nós. Entretanto, da mesma maneira que Paulo e Silas ficaram, temos de nos agarrar firmemente aos três seguintes pontos sobre o louvor:
1. Não entre em pânico!
2. Não fique pensando nos problemas
3. Não seja um pessimista!



PRÓXIMO POST:
Não entre em pânico!
[Mensagem imperdível]



x_3e1c66cc photo x_3e1c66cc_zps06a001ac.gif



domingo, 27 de outubro de 2013

OS EFEITOS DA ORAÇÃO SOBRE UMA NAÇÃO


De acordo com o texto de 2ª Crônicas 7. 14, o Altíssimo disse a Israel: 
E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra.

Para nós, hoje, isso não é menos verdadeiro. Ao considerarmos as decisões sem precedentes que tomamos diariamente, deveríamos orar por nossa nação e por aqueles que exercem cargos de autoridade em todos os níveis - nacional, estadual e municipal.

O Apóstolo Paulo disse: 
Antes de tudo, pois, exorto que se use a prática de súplicas, orações, intercessões, ações de graças, em favor de todos os homens., em favor dos reis e de todos os que se acham investidos de autoridade, para que vivamos vida tranquila e mansa, com toda piedade e respeito.
I Tm 2. 1,2

Mais frequentemente do que deveriam ,os cristãos falham em orar por aqueles que exercem autoridade - os que tomam as decisões que afetam nossa vida -, no entanto, Paulo orienta-nos a fazer isso, 
em primeiro lugar, quando clamarmos! 
Muitos não compreendem inteiramente o benefício que resulta de tamanha obediência: uma vida calma e tranquila

Não devemos negligenciar essa questão importante da oração. temos de confiar no fato de que o Todo -Poderoso quer responder às nossas petições e, então, fazer algo a respeito disso - 
devemos orar!

PRÓXIMO POST:
Onde temos errado?

x_3e1c66cc photo x_3e1c66cc_zps06a001ac.gif



segunda-feira, 21 de outubro de 2013

DEUS QUER RESPONDER ÀS SUAS ORAÇÕES!



O mundo precisa de uma influência positiva dos cristãos. Jesus disse em Mateus 5. 16: 
Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens,
 para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem o vosso Pai, que está nos céus. 
É importante saber que esta influência glorifica nosso Pai no Céu!

Se pretendemos manter-nos positivos, precisamos comprometer-nos a orar. Não devemos subestimar a importância da oração para permanecermos em paz quando estamos rodeados por negatividade. A passagem de filipenses 4. 6,7 admoesta-nos: Não andeis ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo entendimento, guardará o coração e a mente em Cristo Jesus. Nesse texto, Paulo nos diz que devemos apresentar nossos problemas a Deus, em vez de nos preocuparmos com eles; então, a paz do Senhor invadirá nossa mente e nosso coração.


A FORÇA NEGATIVA DA PREOCUPAÇÃO

Devemos resistir à tentação de nos preocuparmos. Por que? Porque Deus nos disse que não ficássemos ansiosos sobre coisa alguma.
Não fomos feitos para andar ansiosos nem carregar fardos pesados. Porém, se não formos cuidadosos, iremos sentir-nos desapontados, desencorajados e deprimidos, e permitiremos que a preocupação tome conta de nós, em vez de darmos lugar às palavras do Pai.
A preocupação tem intuito de desviar nosso foco da Palavra. O diabo tenta fazer-nos gastar tempo preocupando-nos com todas as situações - e, geralmente, com aquelas que ainda não ocorreram e, provavelmente, nunca acontecerão. Se o inimigo conseguir o propósito dele, seremos cada vez mais negativos, e, assim, a fé que temos em Deus e nossa vida de oração serão ineficazes.
Amigo (a), o Altíssimo deseja responder às suas orações, por isso, é necessário que você leve suas preocupações até Ele e lance sua ansiedade sobre o Senhor. O texto de I Pedro 5. 7 declara: 
Lançando sobre ele toda vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.


O PODER DA ORAÇÃO

John Wesley, fundador do metodismo no século 18, certa vez, disse: "Parece que Deus está limitado pela nossa vida de oração - que Ele não pode fazer nada pela humanidade, a menos que alguém o peça a Ele".
Em Marcos 11. 24, Jesus mesmo disse:  
Portanto, eu lhes digo: Tudo o que pedirem em oração, creiam que já o receberam, e assim lhes sucederá.

Considere o que o Mestre ensinou sobre oração nos seguintes versos:

JOÃO 14. 13,14
14:13 E tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. 
14:14
 Se pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei. 

JOÃO 15. 7,8
15:7 Se vós estiverdes em mim, e as minhas palavras estiverem em vós, pedireis tudo o que quiserdes, e vos será feito. 
15:8 Nisto é glorificado meu Pai, que deis muito fruto; e assim sereis meus discípulos. 

O fruto do qual Jesus fala no verso 8 é a oração respondida. O Senhor recebe a glória quando obtemos a resposta para nossas intercessões!
Sendo assim, a oração respondida é uma das maiores bênçãos de Deus que nos permite permanecer em paz - manter uma atitude positiva.
Lembre-se, o texto de Filipenses 4. 6 declara: 
Não andeis ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresenteis seus pedidos a Deus.

Quando oramos, entregamos a Ele não apenas nossas petições, mas também nossos fardos. Em troca, o Senhor dá-nos Sua paz, que excede o entendimento humano, e a promessa de que o Pai celeste nos alivia da ansiedade e preocupação relacionadas ao nosso problema de forma que possamos manter-nos positivos e agradecer-Lhe pela resposta enquanto descansamos!


 SEUS PEDIDOS PODEM TORNAR-SE REALIDADE

Orar com fé levará você à vitória em oposição a cada teste ou provação. Do outro lado cada doença, moléstia, problema financeiro, ou seja lá o que esteja enfrentando, a vitória está esperando por você!

Os seguintes versos apoiam essa verdade:

HEBREUS 4. 16
4:16 Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno. 

HEBREUS 10. 23, 35
10:23 Retenhamos firmes a confissão da nossa esperança; porque fiel é o que prometeu. 
10:35 Não rejeiteis, pois, a vossa confiança, que tem grande e avultado galardão. 

Os patriarcas bíblicos, os quais venceram batalhas tremendas em oração, praticaram aquilo que está nesses versículos antes mesmo de serem escritos! Eles apresentaram seus pedidos a Deus, corajosamente, obtendo graça e misericórdia dEle em sua necessidade. Eles O consideravam fiel e se mantiveram firmes em sua confiança e esperança divinas até que vissem sua resposta chegar.
Os patriarcas da fé dos tempos modernos têm provado, também, da fidelidade do Altíssimo em responder às orações.


PRÓXIMO POST:
Os efeitos da oração sobre uma nação
x_3e1c66cc photo x_3e1c66cc_zps06a001ac.gif



domingo, 13 de outubro de 2013

DEUS QUER QUE VOCÊ MUDE SEU PENSAMENTO!


FALAR E AGIR DE FORMA DIFERENTE

Já reparou que Deus abençoa as pessoas que se achegam a Ele com ações de graças e atitude confiante?por exemplo,  note a atitude de Calebe: 
Agora, pois, dá-me este monte de que o SENHOR falou aquele dia 
Josué 14. 12a

O Altíssimo abençoa aqueles que se firmam em sua Palavra e se recusam a soltá-La. O Senhor é benigno com relação aos que confiam nEle, em Sua Verdade, e são positivos mesmo em meio a circunstâncias negativas.
Não tem como se firmar na Palavra e não permitir que Ela domine seus pensamentos e suas ações tornando-o alguém positivo. Da mesma forma, é impossível ser uma pessoa temente à Palavra e, ao mesmo tempo, ser negativa - a pessoa que permita que sua natureza o domine.


UMA MENTE RENOVADA

Sua natureza é governada pelos seus sentidos - por aquilo que pode ver, ouvir, provar, tocar e cheirar. A mente natural terá sempre a tendência de ser a mente renovada com a Palavra mantém-se positiva e constante, não importa quão escura seja a situação.
O Espírito Santo é um cavalheiro, mas o diabo não é!
O Espírito irá aproximar-Se gentilmente, guiá-lo pelo caminho da Palavra de Deus e fazê-lo lembrar de passagens das Escrituras que leu ou ouviu. O diabo, por sua vez, arremessará pensamentos errados em você e tentará atacar sua mente com ideias contrárias à Palavra. Se não se posicionar firme contra esses pensamentos e persegui-los, fundamentado na Escritura, até que desapareçam, o inimigo irá dominá-lo; ele tentará tomar conta de sua mente e sua vida.

Nós, que conhecemos a Bíblia, sabemos disso a muito tempo!
A Palavra declara: 
O coração bem disposto é remédio eficiente, mas o espírito oprimido resseca os ossos.
Provérbios 17. 22
Constatamos, por meio desse versículo, que não é possível ter um coração alegre e ser negativo ao mesmo tempo.

Precisamos fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para receber palavras edificadoras, e não aquelas que são destrutivas. Podemos fazer isso mantendo uma vida devocional constante, começando, cada dia, com ações de graça a Deus. Temos de seguir o Senhor sempre e encontrar tempo para ler Sua Palavra diariamente.
O diabo e este mundo bombardearão nossa mente, constantemente, para desviar nossa atenção da Palavra e levar-nos para o negativismo - medo, dúvida e descrença. O inimigo sabe que, se conseguir afastar-nos da Palavra e, em vez disso, focar-nos em pensamentos ruins, ele irá derrotar-nos.
Alguns cristãos leem a Palavra uma vez e pensam que tem sua mente renovada. Mas, não! Esse é um processo contínuo, e devemos fazê-lo se quisermos quebrar o poder do negativismo em nós


COMO TRANSFORMAR NOSSA MENTE

Como, exatamente, vamos mudar nossa mente - nossa atitude e nossos pensamentos?
A passagem de Romanos 12. 2a admoesta-nos:
Não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação de sua mente.

Deus deseja que sejamos transformados, mudados, pela renovação da nossa mente. Ele quer que nos estabilizemos na Escritura Sagrada até o ponto em que, no momento que um problema surgir, Sua Palavra seja a primeira coisa que venha à nossa boca. Em outras palavras, que respondamos a esses testes e essas provações com a Verdade, não com nossa inclinação natural.
Lembre-se de que o pensamento correto leva à crença correta, e essa produz as ações certas. Muitas pessoas têm concordado com a Bíblia apenas mentalmente, mas o Senhor deseja que acreditemos nela e passemos a agir de acordo com ela. Dessa maneira, veremos os frutos que desejamos colher.


PRÓXIMO POST:
Pensamentos que produzem ações



x_3e1c66cc photo x_3e1c66cc_zps06a001ac.gif



domingo, 6 de outubro de 2013

O PAPEL DA VONTADE


Você pode sentir solicitude pelos outros e carregar o problema deles no seu coração, mas não terá como estipular regras imutáveis  e dizer: "Podemos reivindicar a salvação de outra pessoa", simplesmente porque queremos que ela seja salva. É claro que desejamos que todos alcancem a salvação, mas os outros têm algo a ver com isso. A vontade pessoal está envolvida na aceitação ou rejeição de Cristo.

Uma vez que o poder do diabo é rompido e a pessoa passa a ter a liberdade de fazer uma escolha, usualmente opta pelo que é certo. Se sua mente foi cegada, é natural que ela não terá capacidade de fazer a escolha ideal. Mas, normalmente, virá ao Senhor, uma vez rompido o poder de Satanás sobre ela.

Mas não podemos dizer que sempre ocorrerá dessa forma, pois existem aqueles que, deliberadamente, recusam-se a seguir o Senhor!

Realmente, temos diretrizes, porém, na maioria das vezes, poderão ser descobertas mediante o estudo da Palavra. Quando não há normas específicas, devemos depender daquilo que o Espírito de Deus nos manda fazer. Verifique, portanto, seus motivos.

Deixe o Senhor mandar quem Ele quiser para entrar em contato com seus entes queridos não-salvos. Notei que muitos daqueles que estão pregando o Evangelho Pleno foram salvos em igrejas fundamentalistas ou outras. Posteriormente, começaram a ser esclarecidos quanto ao batismo com o Espírito Santo e ao falar em línguas, e passaram para a igreja do Evangelho Pleno.

O principal é levar as pessoas a salvação e conseguirem ir para o Céu!
Quer recebam a cura, quer não, poderão ir para lá se foram salvas. Em outras palavras, podemos ir para a Glória com um corpo doente, mas não teremos como ir para lá com um espírito doentio de pecado. E, uma vez salvos, podemos ir para o Paraíso com ou sem o batismo com o Espírito Santo.

A SALVAÇÃO É O QUE IMPORTA!


x_3e1c66cc photo x_3e1c66cc_zps06a001ac.gif



terça-feira, 1 de outubro de 2013

DEUS LIDA COM FAMÍLIAS!


Muitas pessoas se sentem confusas no tocante a Atos 16. 31: 
Crê no Senhor Jesus, e serás salvo, tu e a tua casa.
Há traduções que dizem: E a tua casa, se crerem. Veja bem: você terá de levar seus familiares à fé.

Em Atos 16, o carcereiro filipense foi salvo. Ele era chefe da sua casa. Uma vez salvo, começou a fazer aquilo que a Bíblia manda - passou a orar e a dar o exemplo certo aos seus familiares - e, foram salvos.
O assunto inteiro se resume só nisso.

Nunca duvidei de que a totalidade da minha casa seria salva. Com isso, refiro-me aos meus familiares  imediatos. Nunca me ocorreu a ideia de que eles não seriam salvos. Eu sabia que o seriam.
Deus, realmente, lida com famílias, e o homem deve tomar a dianteira nesse relacionamento. Caso contrário, a esposa terá de fazê-lo. Mas, na maioria dos casos, quando o homem se torna cristão, anda com o Senhor, é o cabeça do seu lar, ora e dirige o culto doméstico, toda a sua família irá segui-lo.


REIVINDICANDO  PARENTES
Quando se trata se reivindicar a sua família, você deve fazer certas coisas. Por exemplo: é preciso ensinar a criança no caminho que deve andar, conforme diz Provérbio 22. 6. É necessário criar os filhos na disciplina e na admoestação do Senhor, conforme vemos em Efésios 6. 4. Paulo disse à Timóteo: Desde a tua mocidade sabes a sagrada letras (2 Tm 3. 15).
 Como Timóteo as conhecia?
Forçosamente, foi na sua família que ele foi ensinado.

Quando se trata de um cônjuge não-salvo, você nem sempre pode reivindicar a salvação dele. Caso isso fosse possível, Paulo teria dito quando escreveu à igreja de Corinto.
O apóstolo disse: E se alguma mulher tem marido descrente, e ele consente em habitar com ela, não o deixe. Mas, se o descrente se apartar, aparte-se; porque neste caso o irmão, ou irmã, não está sujeito à servidão (1 Co 7. 13,15a).

Consentir em viver com ela (ou ele) significa com você como marido ou mulher - e não andar tendo casos com muita gente pelo país afora.
Se você pudesse sempre reivindicar a salvação de um ente querido não-salvo, Paulo teria dito assim, nesse contexto mesmo, pois estava escrevendo pela inspiração do Espírito Santo.
Os jovens que procuram ministrar aos seus pais não-salvos também precisam ser dirigidos pelo Espírito. Conheço adolescentes que foram salvos e provocaram uma divisão entre si mesmos e os pais, porque, ao testemunharem, forçaram as coisas com demasiada rapidez e rigidez.
Faça tudo na direção do Espírito Santo, pois Ele nunca falha!


PRÓXIMO POST:
O Papel da Vontade
x_3e1c66cc photo x_3e1c66cc_zps06a001ac.gif



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...