quinta-feira, 29 de maio de 2014

O EVANGELHO DE JESUS É ASSIM... Simples e descomplicado!




Você precisa ter seu nome escrito no Livro da Vida do Cordeiro para que sua obediência seja completa, como nos diz a Bíblia (Ap 21. 27). 
Além disso, é necessário ter uma íntima comunhão com Jesus Cristo. 
Isto é algo pessoal entre Deus e você.
 O Senhor não tem netos, por isso não importa se você nasceu em um lar cristão.
 O fato de seus pais serem cristãos não quer dizer nada. 
Você deve decidir por si mesmo e reconhecer que é um pecador perdido, e, depois aceitar a morte sacrificial de Jesus na cruz. 
Finalmente, você tem de pedir a Cristo que entre em seu coração e seja seu Senhor e Salvador.

O EVANGELHO É ASSIM... SIMPLES E DESCOMPLICADO!
x_3e1c66cc photo x_3e1c66cc_zps06a001ac.gif


segunda-feira, 26 de maio de 2014

APRENDA COM AS ADVERSIDADES: Deus é bom demais!



Há muito tempo, num Reino distante, havia um Rei que não acreditava na bondade de Deus. Tinha, porém um súdito que sempre lhe lembrava dessa verdade. Em todas situações dizia:

-- Meu Rei, não desanime, porque Deus é bom !
Um dia, o Rei saiu para caçar juntamente com seu súdito, e uma fera da floresta atacou o Rei. O súdito conseguiu matar o animal, porém não evitou que sua majestade perdesse o dedo mínimo da mão direita.
O Rei, furioso pelo que havia acontecido, e sem mostrar agradecimento por ter sua vida salva pelos esforços de seu servo, perguntou a este:

-- E agora, o que você me diz ?
Deus é bom ?
Se Deus fosse bom eu não teria sido atacado, e não teria perdido o meu dedo.
O servo respondeu:

-- Meu Rei, apesar de todas essas coisas, somente posso dizer-lhe que Deus é bom, e que mesmo isso, perder um dedo, é para seu bem !

O Rei indignado com a resposta do súdito, mandou que fosse preso na cela mais fétida do calabouço.

Após algum tempo, o Rei saiu novamente para caçar e aconteceu dele ser atacado, desta vez por uma tribo de índios que vivia na selva. Estes índios eram temidos por todos, pois sabia-se que faziam sacrifícios humanos para seus deuses.

Mal prenderam o rei, passaram a preparar, cheios de júbilo, o ritual do sacrifício. Quando já estava tudo pronto, e o Rei já estava diante do altar, o sacerdote indígena, ao examinar a vítima, observou furioso:

-- Este homem não pode ser sacrificado, pois é defeituoso !
.....Falta-lhe um dedo"

E o Rei foi libertado. Ao voltar para o palácio, muito alegre e aliviado, libertou seu súdito e pediu que viesse em sua presença.
Ao ver o servo, abraçou-o afetuosamente dizendo-lhe:

-- Meu caro, Deus foi realmente bom comigo ! Você já deve estar sabendo que escapei da morte justamente porque não tinha um dos dedos. Mas ainda tenho em meu coração uma grande dúvida:

Se Deus é bom, por que permitiu que você fosse preso da maneira como foi ? .... Logo você, que tanto O defendeu !?
O servo sorriu e disse:

-- Meu Rei, se eu estivesse junto contigo nessa caçada, certamente seria sacrificado em teu lugar, pois não me falta dedo algum !
Deus é bom demais!!!

x_3e1c66cc photo x_3e1c66cc_zps06a001ac.gif



sexta-feira, 16 de maio de 2014

CASAMENTO: Uma aliança que deve durar toda a vida!



A primeira coisa que se deve entender para um relacionamento conjugal eficiente e feliz é que o matrimônio é um estado de vida instituído por Deus. A sociedade não criou o casamento. Foi Deus quem uniu homem e mulher, realizando o primeiro casamento  no jardim do Éden. Também Jesus abençoou o casamento, realizando em um deles seu primeiro milagre em Caná, na Galileia. A presença de Jesus naquele casamento certamente é um símbolo de Sua presença no matrimônio entre cristãos.

O casamento é uma relação que deve durar toda a vida.
Não é correto trocar de esposa ou de marido. "Ao que Deus ajuntou não separe o homem."
A Bíblia indica que o casamento é para toda a vida, e por isso mesmo deve ser cercado de cuidados e atenções especiais para sua preservação. O casamento deve sempre ser um instrumento de bençãos e felicidade na vida do homem e da mulher. Ninguém pode ser feliz e próspero se não vai bem em sua vida conjugal.

O relacionamento sexual está envolvido no amor, mas em si só não é o amor. A expressão "fazer amor" relacionada com o sexo não é verdadeira. Talvez "celebrar o amor" fosse melhor. É fácil para as duas pessoas fortemente atraídas uma pela outra sexualmente julgarem que nasceram uma para a outra, e que a atração que sentem é amor.

Se alguém usar seu cônjuge apenas para satisfação sexual e se pensar que coisas como consideração, bondade, cortesia, atenção e outros são amor, está muito enganado. A satisfação secreta do amor consiste em dar. Quem ama se dá. Amamos outra pessoa não por nossa causa ou por nossas necessidades, mas por sua causa. A felicidade só existe em dar e nunca em obter. Um relacionamento conjugal perfeito e que pode abençoar as vidas só pode existir quando o marido se entrega fundamentalmente à sua mulher e a mulher se entrega totalmente a seu marido. A Bíblia ensina que os maridos devem amar às suas mulheres como Jesus amou à sua igreja.
 (Efésios 5. 25).
Uma mulher exerce influência tremenda sobre o homem. Pode mudar toda a sua vida; pode ser uma grande benção para ele ou uma eterna maldição. Pode realizá-lo ou destruí-lo.

O casal precisa viver em acordo. Devem estar de acordo em todas as coisas, e principalmente no que tange à sua fé.
Casais mistos em questão de fé enfrentam grandes problemas. Não podem partilhar em adoração conjunta das maravilhas da graça de Deus. A Bíblia diz: "Andarão dois juntos se não houver entre eles acordo?" Os problemas do casal "são suficientemente grandes, e estar em desacordo em questões de fé serve apenas para agigantar os problemas. O diabo não deve encontrar brechas em nenhuma das partes. Deus deve ocupar o primeiro lugar na vida a dois.

O casamento é confirmado no céu ( o que Deus ajuntou...) e as pessoas devem fazer de seu lar um verdadeiro paraíso, demonstrando que estão dispostas a usar os dons de Deus da maneira que o próprio Deus tenciona.

Que Deus multiplique e renove o amor pelo seu cônjuge!

x_3e1c66cc photo x_3e1c66cc_zps06a001ac.gif


segunda-feira, 12 de maio de 2014

TODOS OS CRENTES TEM FÉ?







Note que a fé pela qual você é salvo não vem de nós. Em outras palavras, não é uma fé natural e humana; é dom de Deus! Isto concorda com Romanos 12. 3, que declara que Deus tem repartido a cada pessoa uma medida de fé.
Mesmo assim, há cristãos que dizem: " Simplesmente não tenho fé alguma".
Sempre refuto tal afirmação da seguinte forma: 
" Então, você precisa ser salvo.
Os salvos têm fé! 
Ninguém chega à salvação sem fé".
Todos os crentes têm fé. É a palavra de Deus quem o diz!
Muitos cristãos,  porém, não tem consciência de que possuem fé, não fazendo, portanto, uso dela. Revoltam-se contra Deus, contra a Bíblia e contra eles mesmos, sem perceber que erram ao comentar, continuamente, que não tem fé.
A Bíblia é Deus falando conosco. Deus e a Sua Palavra são um só. o Pai nos assegura da validade de cada uma das promessas encontradas nesse livro. E a Palavra de Deus diz que Ele concedeu a você uma medida de fé. Tem de ser fé do tipo de Deus, porque esse é o único tipo de fé que Deus tem!


 A PALAVRA DA FÉ

Mas que diz?
A palavra está junto de ti, na tua boca e no teu coração; esta é a palavra da fé, que pregamos.   
Romanos 10. 8

A Palavra de Deus é chamada de a Palavra da fé.
A fé se baseia nos fatos - nos fatos da Palavra de Deus.
A incredulidade se baseia em teorias. Minha definição de uma teoria é a seguinte: " É uma suposição baseada na ignorância do assunto em pauta". A razão pela qual muitas igrejas estão cheias de incredulidade é porque nelas há teorias em demasia. O ministério tem crescido em meio à psicologia da incredulidade, e pobres e queridos membros da igreja são meros produtos daquilo que tem escutado seus pastores pregarem.
A melhor maneira de realmente ajudar as pessoas é dizer-lhes aquilo que está na Bíblia, e não aquilo que algum homem diz.
O homem erra, 
Deus não.
Não importam quais sejam as circunstâncias. Independentemente daquilo que tem acontecido na sua vida, a Palavra de Deus tem algo a dizer-lhe. Descubra o que as Escrituras nos ensinam.
 A fé virá! 
Ele mudará as coisas para você.





x_3e1c66cc photo x_3e1c66cc_zps06a001ac.gif


quinta-feira, 8 de maio de 2014

O MELHOR MANUAL DE RELACIONAMENTO FAMILIAR!



Certa vez uma senhora me perguntou qual o melhor livro que eu conhecia sobre orientação familiar. Tinha problemas de relacionamento com o marido e com os filhos. Sem hesitar, respondi-lhe que o melhor manual de relacionamento familiar que conhecia era a Bíblia, a Palavra de Deus.

Certamente não poderia ser outra a minha resposta, como serva de Deus que sou.
Leio, estudo e examino outros livros que não a Bíblia. O fato é que, realmente, os melhores livros sobre esse assunto são aqueles cujos ensinamentos são baseados nos ensinamentos da Bíblia, fato comprovado pelos críticos e editoras.

De fato, que outro livro de moral mais elevada do que a Bíblia?
Que outro livro foi escrito sem apelação e sem a intenção de lucros financeiros?
Que outro livro trata de qualquer assunto numa perspectiva puramente cristã sem mistura ou erro?

No caso de alguns casais, seu amor feneceu completamente. Já estão casados há um bom número de anos, mas seu amor morreu. Marido e mulher meramente coexistem. Não fosse a família e os problemas sociais e legais envolvidos, procurariam a separação. Mas entreguem suas vidas a Cristo e deixem que Ele reacenda o amor um pelo outro. Ele dará calor a seus corações como nunca experimentaram nem mesmo durante a lua-de-mel. Quando alguém recebe a Cristo, Ele pode tornar novamente sensível seu coração, atraindo marido e mulher novamente um para o outro, conforme Deus tencionou desde que realizou o primeiro matrimônio. O Senhor deve ser o Cabeça em cada lar.

Tendo Cristo como verdadeiro Cabeça e centro do lar, vocês farão uma grande descoberta. A força por Ele outorgada compensará mais do que as fraquezas de ambos. Seu amor controlará marido e mulher, em cada um de seus pensamentos e ações. Portanto, rendam-se a Ele. É um pecado arruinar e fazer naufragar o próprio casamento. Esse é o motivo pelo qual o problema do pecado na própria vida deve ser resolvido antes de mais nada. O profeta Isaías continua convidando e dizendo:

"Vinde, pois, e arrazoemos, diz o Senhor; ainda que os vossos pecados são como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que são vermelhos, se tornarão como a lã".
Isaías 1. 18

Os males que têm assaltado os lares, nos nossos dias, acham-se tão profundamente enraizados na pecaminosidade da natureza humana que somente o poder de Deus pode pôr fim a tal problema.

O Dr. Piper disse mui acertadamente: 
"Fora do cristianismo, a sociedade tem sido incapaz de vencer esses desenvolvimentos indesejáveis. O amor crente recebe o poder de fazê-lo".

Arrependa-se hoje de seus pecados de concupiscência e paixão, de egoísmo e orgulho. 
Permita que Cristo se aposse de sua vida e a transforme. 
Deixe que Ele participe de seu matrimônio e de seu lar.
 Ele começará fazendo de você uma nova pessoa e renovando todas as coisas.


x_3e1c66cc photo x_3e1c66cc_zps06a001ac.gif


quarta-feira, 7 de maio de 2014

NÃO NEGLIGENCIE SEU TEMPO COM DEUS!



Paulo incita Timóteo a sofrer e trabalhar arduamente, e também o estimula a ser como um atleta, dizendo, 
"Igualmente, o atleta não é coroado se não lutar segundo as normas"
II Timóteo 2. 5

Quando você está correndo muito, é fácil tropeçar e cair.
Infelizmente, muitos que trabalham arduamente no processo de ajuda quebram algumas normas que nunca deveriam ser quebradas.
Portanto, quando estivermos fazendo um trabalho de assistência, devemos seguir os princípios básicos do cristianismo e do serviço cristão.

Por exemplo, quando estivermos numa situação desesperadora, depois de uma calamidade, podemos esquecer-nos de ter um tempo a sós com Deus ou estar com nosso cônjuge e filhos. Mas, não devemos permitir tais omissões por um tempo prolongado.


SE NEGLIGENCIARMOS NOSSO TEMPO COM DEUS,
PERDEREMOS NOSSA SAÚDE ESPIRITUAL

Se negligenciarmos nosso tempo com o cônjuge e familiares, nossas famílias serão afetadas.
Se continuarmos a dormir pouco e trabalhar sem descanso, nossos corpos e nossas emoções serão seriamente prejudicados, deixando-nos fracos e com comportamento instável.
Imediatamente depois de uma emergência, teremos que trabalhar até o nosso limite sem muito descanso.
Mas logo teremos que entrar numa rotina, para encontrar tempo para descansar e cultuar a Deus em meio ao ativismo. Isto inclui descansar um dia por semana.
Por exemplo, aqueles que cuidam o tempo todo de familiares doentes, precisam ter um tempo de folga para descansar e para o Senhor. Se não fizerem isto, eles podem se tornar irritáveis e até perder a eficiência como cuidadores.
Trabalhar direto, sem descanso e nutrição espiritual resultará na perda da alegria, irritabilidade e até mesmo depressão.


Sendo a alegria uma das qualidades mais básicas de um cristão cheio do Espírito Santo
(Gálatas 5. 22), quando as pessoas perdem a sua alegria, elas param de agir como cristãs.
Esta alegria é o que nos dá força (Neemias 8. 10).
Ela nos ajuda a manter o entusiasmo no serviço a Deus, independente de como as coisas estejam. Às vezes, podemos prantear devido à dor causada pelo que aconteceu, mas em nosso interior temos a alegria do Senhor em nossas vidas. E é por isso, que em meio à dor, estamos desfrutando da comunhão com Cristo que nos ama, e a quem profundamente amamos.

x_3e1c66cc photo x_3e1c66cc_zps06a001ac.gif



sexta-feira, 2 de maio de 2014

COMO GANHAR SEUS ENTES QUERIDOS NÃO-SALVOS


Uma das perguntas mais dirigidas a mim é como levar
 à salvação os entes queridos não- salvos.
 O conselho que dou é o seguinte.

Primeiro
Reconheça que o Pai atrai as pessoas por intermédio do Espírito Santo. Quando a Palavra de Deus é pregada, o consolador traz convicção às pessoas.
JESUS DISSE: 
Ninguém pode vir a mim, se o Pai, que me enviou, o não trouxer; e eu o ressuscitarei no último Dia 
João 6.44

Segundo
Ore a Deus para que Ele envie alguém a fim de estar sempre próximo de seu ente querido não-salvo. 
JESUS DISSE:
Rogai, pois, ao Senhor da seara que mande ceifeiros para sua seara.
Mateus 9.38

Não creio, porém, que existam regras que possamos estabelecer que funcionarão para todos na obra de conquistar almas. Deus pode orientar alguém de determinada maneira e outra pessoa de um jeito diferente. Sempre devemos ter em mente a obra vital do Espírito Santo em atrair as pessoas a Cristo.
Em alguns casos, nossos familiares são as pessoas mais difíceis de lidarmos.  Eles não prestarão atenção em nós. Não me entenda erroneamente - às vezes, o Espírito de Deus vai orientá-lo de modo diferente daquilo que digo; estou apenas estabelecendo alguns princípios gerais.

DE QUE FORMA MINHA FAMÍLIA É GANHA
Eu era adolescente quando nasci de novo. Alguns dos meus familiares eram "cristãos nominais", segundo dizemos. Tinham conhecimento de que Jesus era seu Salvador, mas não sabiam muita coisa além disso. Fui levada pelo Espírito de Deus a nunca lhes falar nada sobre a salvação - e aquela orientação dizia respeito a outros parentes, tais como tias, tios e primos.

Uma das maneiras de o Espírito Santo nos orientar é mediante o testemunho interior, a convicção interior. Eu simplesmente possuía, no meu espírito, a convicção interior, a certeza de que, se meus parentes vissem a realidade na minha vida, todos eles iriam desejá-la (assim acontece também na dimensão natural. Se, por exemplo, você souber que alguém tem uma boa receita, também vai querer tê-la).

A Bíblia declara:
Porque o exercício corporal para pouco aproveita, mas a piedade para tudo é proveitosa 
(I Tm 4.8a)
Proveitoso é algo que dá lucro.
 O apóstolo Paulo acrescenta no versículo 15:
 Medita estas coisas, ocupa-te nelas, para que o teu aproveitamento seja manifesto a todos.
Sendo assim, nunca falei uma só palavra a respeito do Senhor a qualquer dos meus parentes próximos nunca pedi que nenhum deles aceitassem a salvação. Comecei a pregar quando era uma jovem de 17 anos, mas nunca os convidei. Jamais lhes falei uma só palavra a respeito da salvação. Por que não? Porque fui orientado a não fazer isso. Sabia, no meu espírito, que não devia fazê-lo.

NÃO IMPLIQUE
Com muita frequência, as pessoas implicam com seus parentes não-salvos até que estes nem gostem mais da presença delas. No decurso dos anos, quando íamos às reuniões da família no dia a dia e no Natal, procurava participar das atividades e brincadeiras normais deles.

Antes que eu me convertesse e começasse a pregar, meus familiares nunca oravam à mesa, mas, depois, sempre me pediam que desse graças. Jamais falei de religião para eles.
Uma coisa, porém, é certa: 
no decurso dos anos cada um deles nasceu de novo!

Noto que os dois erros mais comuns que alguém comete ao lidar com seus familiares são:
(1) Procurar ser demasiadamente espiritual;
(2) Exagerar no testemunho.
Certo, a Bíblia nos manda testemunhar, mas precisamos reconhecer que há um velho provérbio que diz: "Aquilo que você é fala tão alto que não consigo escutar aquilo que você diz". Talvez, as pessoas que falam muito não tenham vida suficiente para confirmar seu testemunho.

O MELHOR TESTEMUNHO
Simplesmente, deixei minha vida testemunhar - e todos os meus parentes acabaram querendo o Senhor. Eles viram na minha vida algo que queriam. Acho que na realidade, esse é o melhor testemunho. Se você viver a vida cristã diante das pessoas, isso influenciará seu cônjuge, seus filhos e seus demais parentes.

Embora eu não testificasse aos meus parentes, não deixei de orar por eles no decurso dos anos. Orei por um homem em especial que estava passando por algumas provações severas em casa.

Um dia, quando visitava minha cidade natal , vi um homem que me era familiar, descendo pela rua. Seu modo de andar me fez lembrar certo parente. Quando fui encostando meu carro ao lado dele, no entanto, concluí que não era ele, e, então, passei adiante.

Depois que passei por vários quarteirões, algo veio repentinamente à minha memória: mamãe dissera que esse parente perdera, mais ou menos, 25 kg e que eu nem sequer o reconheceria mais. Não o reconheci mesmo, ele parecia muito abatido.
Imediatamente, falei alto:
 "Querido Deus salva Fulano".
Então, uma voz no assento traseiro do meu carro me disse: "Ora, é isso que estou procurando fazer". O que escutei era tão nítido, que olhei para trás, a fim de ver se havia alguém escondido! Então, fiquei sabendo instantaneamente, de uma coisa: era tempo perdido eu fazer semelhante oração em prol da salvação daquela pessoa, porque Deus estava procurando salvá-la durante toda a sua vida!

O PAPEL DA ORAÇÃO
Uma das coisas que você pode fazer é interceder em favor do seu ente querido.
Frequentemente, quando oramos em favor deles, estamos procurando levar a Deus a fazer algo. Estamos tentando forçar algumas coisas a acontecer.
Na realidade, o que precisamos fazer é estudar a Palavra, depender do Espírito de Deus e confiar nEle para realizar a obra. Coloque a Palavra do Senhor em primeiro lugar. 
Nenhuma vida de oração será bem-sucedida se não tiver por base a Palavra de Deus.

Reconheça que obter a resposta pode depender de você. A manifestação do resultado poderá chegar mais rapidamente se a Palavra estiver fortemente arraigada em você. 
A Bíblia diz:
De sorte que a fé vem pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus 
(Rm 10.17).
Ou seja, você tem fé mais forte se há uma boa quantidade da Palavra em seu interior.
Portanto, continue examinando a Palavra e meditando sobre Ela.

Família Feliz é família liberta!

x_3e1c66cc photo x_3e1c66cc_zps06a001ac.gif



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...