segunda-feira, 11 de março de 2013

O DOM DE LÍNGUAS E O DOM DE INTERPRETAÇÃO - Final



A INTERPRETAÇÃO DE LÍNGUAS É UMA TRADUÇÃO DIRETA DA MENSAGEM?
A interpretação não é necessariamente uma tradução literal, pois, em alguns casos, o intérprete era uma pessoa tão eloquente, que a mensagem era muitas vezes traduzida de um modo mais convincente do que quando uma pessoa de habilidade mais limitada falava. Há diferenças nos profetas da Bíblia. Isaías era um homem eloquente e Amós, um pastor, mas, ainda assim, este era tão verdadeiramente movido por Deus quanto aquele, embora sua linguagem não fosse tão rica.

SE DIVERSAS MENSAGENS SÃO DADAS EM LÍNGUAS, VÁRIAS PESSOAS DEVEM INTERPRETÁ-LAS OU SOMENTE UMA?
É provavelmente mais ordenado que a mesma pessoa interprete, mas é difícil ditar uma regra em tal caso.

O QUE SIGNIFICA: E HAJA INTÉRPRETE ( I Co 14. 27b)?
Significa que qualquer simples mensagem dada em outras línguas não poderia ser interpretada por mais do que uma pessoa. Se algum outro intérprete presente sentisse que poderia dar uma interpretação melhor, ele não deveria fazê-lo, mas, sim, sujeitar-se à ordem: E haja intérprete.

DEVEMOS ESPERAR PELA UNÇÃO ANTES DE FALAR EM OUTRAS LÍNGUAS, COMO QUANDO  PROFETIZAMOS?
De modo geral, temos de esperar, mas não devemos esquecer o que dizem as Escrituras: Despertes o dom de Deus, que existe em ti (II Tm 1. 6). Há coisas em que a unção virá se despertarmos o dom. Em reuniões cheias do poder do Espírito Santo, muitos se sentirão movidos a falar, mas a reunião que carece de poder é geralmente aquela a qual será muito enriquecida se os dons estiverem em operação.

EM GRANDES REUNIÕES, QUANDO AS MENSAGENS EM LÍNGUAS SÃO DADAS, O PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA MUITAS VEZES INDICARÁ QUEM DEVE DAR A INTERPRETAÇÃO.
NESSES EXEMPLOS, O PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA ESTÁ EXERCENDO O DOM DE DISCERNIMENTO?
Não. Devido à ordem em grandes reuniões, quando diversos intérpretes estão presentes, é muitas vezes desejável indicar quem deve usar o dom. Houve ocasiões em que um intérprete esperou pelo outro, e a mensagem não foi interpretada por ninguém. Nessas questões, somente colocamos nossos pensamentos, pois devemos deixar que todos os presidentes de assembleias ajam conforme o Senhor os guie.

TODOS OS INTÉRPRETES CONSEGUEM A INTERPRETAÇÃO QUANDO A MENSAGEM É DADA?
Todos os que têm o dom podem interpretar, se, no momento, estiverem no Espírito, e espera-se que eles exercitem o dom. Contudo,  a menos que a mensagem seja de fato iniciada, muitos intérpretes não sabem que curso a interpretação tomará. Muitas vezes, ela está se desdobrando em suas mentes conforme eles expressam a mensagem.

SE NÃO HÁ UNÇÃO SOBRE A INTERPRETAÇÃO, PODE SER ELA UM PENSAMENTO DA PRÓPRIA PESSOA, E NÃO O EXERCÍCIO DE UM DOM DO ESPÍRITO?
 Decididamente. A uma expressão inspirada não pode faltar inspiração.

O INTÉRPRETE FICA CIENTE DO QUE ELE OU ELA ESTÁ PARA DIZER?
Como dissemos, um intérprete em geral não está ciente de toda a significação e direção da interpretação. Às vezes, quando a mensagem é dada, todo o esboço da interpretação virá para o intérprete, mas a mensagem em outras línguas é dada e termina sem que haja um simples pensamento na mente do intérprete. Ele tem de dar um passo de fé simples e interpretar conforme for conduzido.

O PASTOR DEVE PERMITIR FALAR EM LÍNGUAS EM UMA REUNIÃO EVANGÉLICA?
Sugerimos que, uma vez que não há poder de conversão no falar em línguas, ou, na verdade, em qualquer outro dom do Espírito, não é desejável que uma pessoa fale em línguas quando a Palavra sendo pregada ou uma súplica estiver sendo feita. Pode haver exceções a essa regra, é claro, mas é sábio deixar a Palavra da Vida ser pregada sem interrupção. Não se esqueça de que ninguém foi convertido no Dia de Pentecostes até que Pedro pregasse.

PODERIA EXPLICAR MELHOR?
O falar em línguas é um sinal para atrair, prender e demonstrar a presença de Deus em um local.  Temos de pregar a Palavra, que dá vida, salva os homens e os traz para Deus. Os sinais são para prender os homens, mas a pregação é para salvá-los.

UMA INTERPRETAÇÃO PODE VIR EM FORMA DE VISÃO?
Sim. Muitas vezes, vem em forma de visão mental, mas, talvez com mais frequência, de palavra por palavra, como se estivesse sendo entregue.

SE TRÊS PESSOAS DESSEM MENSAGENS EM LÍNGUAS, SERIA CORRETO UMA MESMA PESSOA INTERPRETÁ-LAS?
Se houver outros intérpretes presentes, uma pessoa não deverá monopolizar a reunião excluindo as outras com seus dons.

QUAL O SIGNIFICADO DE AINDA QUE EU FALASSE AS LÍNGUAS DOS 
HOMENS E DOS ANJOS (I Co 13, 1a)? 
QUE LÍNGUAS OS ANJOS FALAM?
Parece que o apóstolo estava falando de forma figurada e não literal, pois os anjos falam somente uma língua. As línguas dos homens são, naturalmente, numerosas, surgindo da confusão que Deus fez em Babel. Se, escreve o apóstolo, alguém fosse capaz de se comunicar na linguagem usada pelos anjos na sua comunicação uns com os outros, ainda seria sem proveito, a menos que o amor de Deus estivesse no coração.

NO DIA DE PENTECOSTES, ODOS RECEBERAM LÍNGUAS COMO UM DOM PERMANENTE OU SOMENTE UMA EVIDÊNCIA INICIAL?
Como mencionado sobre os outros dons, afirmaríamos, no que diz respeito ao falar em línguas, que, se alguém já recebeu a menor manifestação do dom, ele deve ser capaz de continuar seu exercício. Os dons de Deus são sem arrependimento, e Ele não nos concede dom algum para uma ocasião apenas, mas para contínua operação para Seu serviço e Sua glória. Felizes são aqueles que não perdem, por negligência, o que Deus lhes concede.

POR QUE NÃO TEMOS MENSAGENS SEM O FALAR EM LÍNGUAS PRIMEIRO?
Na realidade, temos, mas chamamos de profecia. Falar em línguas é o sinal, e parece que o dom de profecia foi dividido em duas partes, a fim de que o duplo sinal de línguas e, posteriormente, a interpretação pudessem ser dados.

COMO SABEMOS QUE ESSES DONS SÃO PARA OS DIAS DE HOJE, OU SEJA, COMO CONVENCEMOS ALGUÉM A QUERER SABER A VERDADE?
Simplesmente informando que os dons e a chamada de Deus são sem arrependimento, e, já que não está registrado que o Senhor Se arrependeu do que Ele deu para a Igreja, os dons são para os dias de hoje. Ele também disse:  Porque a promessa vos diz respeito a vós, a vossos filhos e a todos os que estão longe: a tantos quantos Deus, nosso Senhor chamar (At 2. 39). Também está registrado: E a uns pôs Deus na igreja (I Co 12. 28a). Os dons, portanto, devem estar na Igreja nos dias de hoje.

COMO ALGUÉM QUE NÃO FALOU PRIMEIRO EM OUTRAS LÍNGUAS PODE MANIFESTAR OS DONS DO ESPÍRITO?
Como mostrado anteriormente, um homem pode falar em línguas sem reconhecê-las. Alguns dos trabalhadores no avivamento do século 18, sob as orientações de John Wesley, tiveram experiências maravilhosas no Espírito, e alguns se viram falando sílabas incompreensíveis, mas prontamente pararam, sentindo que elas não eram de Deus. Diríamos que eles tinham, de fato, falado em outras línguas, embora não tivessem declarado ter falado dessa maneira.

O DOM DE LÍNGUAS COM INTERPRETAÇÃO FOI TESTADO POR AQUELES QUE CONHECIAM A LÍNGUAS ESTRANGEIRA?
Sim, muitas vezes. 
Não é exagero dizer que o dom de línguas foi provado milhares de vezes por pessoas que sabiam a língua falada e que confirmaram a interpretação como sendo perfeitamente correta.

Pense por um momento no maravilhoso aspecto sobrenatural de outras línguas. Por esse dom, uma pessoa pode falar fluentemente em uma língua que ela não aprendeu; pode articular claramente, sem nenhuma prática, e expressar-se gramaticalmente apesar de não conhecer ao menos uma simples sílaba da língua na qual está falando. Mais extraordinário ainda é o fato de que ela pode usar o idioma na linguagem, expressando-se tão livremente quanto um natio. Dessa maneira espantosa, Deus está manifestando-Se na Igreja nos dias de hoje

A fim de dar evidência ainda mais completa de Sua presença sobrenatural e Sua operação, o Senhor adicionou outro dom: a interpretação de línguas, que é tão miraculoso quanto o outro e complementar a ele. O tesouro espiritual da mensagem dada em língua desconhecida pode ser desvendado, suas beleza podem ser reveladas, e suas bênçãos ou advertências, anunciadas.
Foi o dom de línguas que reuniu a multidão no Dia de Pentecostes, mistificando a multidão pelo milagre de homens iletrados falando fácil e claramente em outras línguas. Para essa grande afluência de pessoas que se reuniu pela manifestação do Espírito, Pedro pregou o Evangelho, e três mil tomaram a decisão pelo Salvador ressuscitado.

Na casa de Cornélio foi o falar em outras línguas que evidenciou a aceitação dos gentios. Essa manifestação foi reconhecida por Pedro como o mesmo dom que os apóstolos haviam recebido no cenáculo. Quando Paulo impôs suas mãos sobre os discípulos em Éfeso, eles foram ouvidos falando em línguas e profetizando.

Aqui está um dom contínua e abundantemente exercido pelo próprio grande apóstolo, pois ele testificou: Dou graças ao meu Deus, porque falo mais línguas do que vós todos ( I Co 14. 18). Eis o dom sobrenatural do Senhor para Sua Igreja, ou melhor, o começo das experiências sobrenaturais que formam a herança da Igreja. Aqui está um "dom menor" que é tão miraculoso em poder divino na origem quanto qualquer dos "maiores" dons os quais o Cristo, que ascendeu, concedeu à Sua Igreja. Ele tem o elemento de adoração, o possuidor ora em línguas, e pelo Espírito, dado a ele por Deus.

Todo cristão verdadeiro deve receber o Espírito Santo, com o falar em outras línguas como evidência nas Escrituras. Tal experiência enriquecerá sua vida de oração e o fará um membro mais ativo da Igreja, ajudando-o a frustrar os efeitos enfraquecedores do formalismo. 
Deseje profetizar e permita o falar em línguas.


PRÓXIMO POST:
CONCLUSÃO DA AUTORA DO BLOG

x_3cebcff8
Image and video hosting by TinyPic


12 comentários:

  1. Hi Lucy,
    Yes,
    all the gifts of the Holy Spirit must be allowed to freely operate according to scripture when we come together,it must not be quenched, and the power of God within them is wonderful.
    God bless you

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. TRADUÇÃO...

      Oi Lucy,
      Sim,
      todos os dons do Espírito Santo deve ser autorizado a operar livremente de acordo com a Escritura, quando estamos juntos, não deve ser extinta, e do poder de Deus dentro deles é maravilhoso.
      Deus te abençoe

      Excluir
  2. Thanks so much for visiting and commenting on Saved by Grace! Your blog is a blessing and I am now following it, and I invite you to follow Saved by Grace also:
    http://savedbygracebiblestudy.blogspot.com/
    Love in Him,
    Laurie Collett

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. TRADUÇÃO...

      Muito obrigado por visitar e comentar salvo pela Graça! Seu blog é uma bênção e agora estou seguindo, e convido-vos para seguir Saved by Grace também: http://savedbygracebiblestudy.blogspot.com/
      Amor Nele,
      Laurie Collett

      Excluir
  3. Siempre es un placer leerte, abrazos infinitos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. TRADUÇÃO...

      É sempre um prazer ler-te, abraços intermináveis​​!

      Excluir
  4. Oi, Lucy, é muito bom vim aqui e ler verdadeira doutrina que edifica o corpo de Cristo. Que continue te abençoando e q sejas enriquecida
    com a sua graça. Fica na Paz.

    ResponderExcluir
  5. A Paz do Senhor. Irmã Lucy, venho parabenizar pelo blog, gostei. Inclusive já estou te seguindo.
    Aproveito para convida-la a também ser uma seguidora no meu blog www.aquieuaprendi.blogspot.com
    Já agradeço pelo comentário que me enviou no post "o cavalo e o poço". Deus abençoe e continuemos a proclamar o Evangelho. Pr.Ismael

    ResponderExcluir
  6. Hi Lucy again,
    I see one of your favourite hymns is How Great Thou Art. I love this hymn too. As far as tongues is concerned I believe the scriptures show that there are two kinds, tongues of men and tongues of angels. One of which no man understands.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. TRADUÇÃO...

      Lucy oi novamente,
      Eu vejo um de seus hinos favoritos é
        How Great Thou Art.
      Eu amo este hino também. No que diz respeito
      as línguas. Creio que as escrituras mostram que há dois tipos, línguas dos homens e das línguas dos anjos. Um dos que ninguém entende.

      Excluir

Não serão publicados comentários com os seguintes conteúdos:
- Palavrões;
- Ofensas;
Fique na Paz!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...