quinta-feira, 7 de março de 2013

O DOM DE LÍNGUAS E O DOM DE INTERPRETAÇÃO - Parte 2



PARA FALAR EM LÍNGUAS PUBLICAMENTE, PORTANTO, DEVE-SE TER UM DOM SEPARADO DA EVIDÊNCIA INICIAL?
Não chamaríamos de um dom separado. É outra manifestação do mesmo dom, uma manifestação pública. Todos oram em suas devoções particulares a Deus, mas nem todos oram publicamente. Todos devem falar de Jesus aos outros, mas nem todos são chamados a pregar. Diríamos que é  exigido um dom separado para orar publicamente, mas parece que algumas pessoas são mais convenientes para orações públicas do que outras, e algumas são definitivamente chamadas a pregar em público.

TODOS OS BATIZADOS NO ESPÍRITO SANTO RECEBEM O DOM DE LÍNGUAS?
Se entendermos por dom de línguas o poder de falar com Deus em línguas estranhas somente, então responderíamos que sim. Se por dom significamos o poder de dar uma mensagem pública em línguas, então diríamos que não.

EM ATOS 2. 34, NÃO LEMOS QUE ELES "RECEBERAM O DOM", MAS SIM, QUE "FALARAM EM OUTRAS LÍNGUAS".
Nem em I Coríntios 12. 10 encontramos o dom de línguas mencionado, mas a variedade de línguas. O poder de falar em línguas é concedido a todos os que são cheios do Espírito Santo, mas o poder de falar em línguas publicamente parece ser limitado a poucos. O termo dom é usado em diversos trechos quando a referência é feita às manifestações do Espírito, como, por exemplo: Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo (I Co 12. 4).

ALGUÉM RECEBE O BATISMO, FALA UMA OU DUAS PALAVRAS SOMENTE, MAS RECEBE MAIS PALAVRAS MAIS TARDE. PODERIA EXPLICAR ISSO?
Algumas crianças em certas famílias são mais precoces para falar do que outras, mas isso tem pequena importância, como regra geral. Aqueles que iniciam bem sempre são os primeiros na corrida! Assim é como o falar em línguas estranhas. Algumas pessoas falam uma sílaba ou duas inicialmente, e, ainda mais tarde, desenvolvem uma fluência de discurso, enquanto outros que falaram fluentemente no início  nem sempre continuaram na mesma liberdade.

QUANDO RECEBEMOS O ESPÍRITO SANTO, NORMALMENTE FALAMOS EM UMA LÍNGUA APENAS?
Podemos falar em línguas apenas uma vez, quando recebemos o batismo a continuidade deste falar em línguas chamados de dom de línguas.
No Dia de Pentecostes, muitas línguas foram faladas, mas não é sabido se elas foram faladas por várias pessoas, ou se um apóstolo falou em diversas línguas. Provavelmente, alguns dos apóstolos falaram mais de uma língua. Vamos observar que a manifestação do Espírito não é o dom de uma língua somente, mas de vários tipos de línguas.

PARA RETORNARMOS AO PONTO ANTERIOR, TODOS OS QUE SÃO BATIZADOS NO ESPÍRITO SANTO DEVERIAM FALAR EM LÍNGUAS, MAS AINDA ASSIM, NEM TODOS SERIAM CAPAZES DE DAR UMA MENSAGEM?
É o que concluiremos se examinarmos a experiência dos membros nas assembleias; não são muitos os usados por Deus para falarem em outras línguas em público, embora exortemos todos os que são cheios do Espírito a exercerem a bênção individualmente.

O DOM SE DESENVOLVE PELO EXERCÍCIO QUE FAZEMOS DELE? 
ALGUMAS PESSOAS, PORÉM., APRESENTAM UMA GRANDE FLUÊNCIA DESDE O INÍCIO.
Não há dúvida de que quem usa os dons que Deus lhe concede ache que eles estão desenvolvendo-se. Está escrito: Porque àquele que tem se dará, e terá em abundância; mas aquele que não tem, até aquilo que tem lhe será tirado (Mt 13. 12). Essa é uma lei encontrada no campo espiritual e no natural. Quando aqueles que têm uma fluência no uso de uma línguas recebem a bênção no começo, sem dúvida serão concedidas diversas outras línguas conforme forem desenvolvendo-se espiritualmente.

ESSES DIVERSOS TIPOS DE LÍNGUAS VÊM, PORTANTO, CONFORME PROGREDIMOS ESPIRITUALMENTE?
Parece que eles se desenvolvem tal como os ramos crescem nas árvores. Primeiro, há apenas uma haste sutil, verde, acima do solo, mas, conforme cresce e se desenvolve, os ramos se espalham, e a árvore finalmente alcança seu tamanho máximo.

É POSSÍVEL FALAR EM LÍNGUAS E NÃO ESTAR CIENTE DO FATO?
Várias pessoas parecem ter falado sem reconhecer que estavam exercitando um dom espiritual. Alguns estavam, na realidade, preocupados com a experiência, ficando perplexos com os sons ininteligíveis que estavam expressando, mas ignorando os dons espirituais, e, como consequência, extinguiram a manifestação do Espírito Santo.

CADA EXPRESSÃO DADA PUBLICAMENTE DEVE SER INTERPRETADA?
Cada expressão em línguas pode ter uma interpretação, mas a pessoa deve ser direcionada para ver se é apropriado ou conveniente interpretar cada mensagem. Há um limite de pessoas a falar - dois ou, no máximo, três - a fim de que esteja conforme a Palavra de Deus (I co 14. 29).

O BATISMO NO ESPÍRITO SANTO É UM DOS NOVE DONS?
Não. 
Recebemos o Espírito Santo e, então, buscamos o dom.

POR QUE ALGUMAS MENSAGENS EM OUTRAS LÍNGUAS NÃO SÃO INTERPRETADAS?
É possível que não haja intérprete presente, ou o intérprete pode não estar no Espírito no momento, de tal modo que seu dom não fique em operação.

POR QUE O RECEBIMENTO DO ESPÍRITO SANTO E O DOM DE OUTRAS LÍNGUAS SÃO SIMULTÂNEOS?
O Espírito Santo é concedido para ocupar o lugar de Cristo, que disse: E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador (Jo 14. 16a). Quando o Espírito Santo entra, Ele Se manifesta em variedade de línguas (I Co 12. 10d). O que designamos dons do Espírito são, na realidade manifestações dEle mesmo. Quando Ele vem habitar dentro de nós, manifesta Sua habitação, em primeiro lugar, falando por nosso intermédio em línguas estranhas.

POR QUE O ESPÍRITO SANTO NÃO SE MANIFESTA POR MEIO DOS OUTROS OITO DONS?
Ele Se manifesta mais tarde por meio desses dons, mas, a princípio, Ele nos concede o poder de falar em línguas. Como o falar em línguas é o menor dos dons- e, uma vez que o Senhor, no Dia de Pentecostes, manifestou a presença do Espírito habitando no falar em outras línguas -, consideramos essa como a evidência inicial do recebimento do Espírito. Posteriormente, podemos receber os outros dons: Mas um só e o mesmo Espírito opera todas as coisas (I Co 12. 11). Eles são todos manifestações de Sua habitação, mas a evidência inicial é o falar em outras línguas, mesmo que seja uma única vez.

ALGUÉM PODE ORAR PELO DOM DE LÍNGUAS SEM ORAR PELO ESPÍRITO?
É correto e apropriado orar pelo Espírito Santo mais propriamente do que  pelo dom de línguas. O dom de línguas é dado para manifestar o fato de que Ele entrou no templo humano. Suponhamos que haja um amigo muito querido cujo o companheiro desejamos e com quem gostaríamos de morar. Ao enviarmos um convite, não devemos dizer: "Ficaríamos muito satisfeitos de tê-lo habitando conosco a fim de que possamos ouvir sua amável voz". Nada disso. Devemos convidá-lo pela sua companhia e, naturalmente, esperar ouvir sua voz. Da mesma forma, oramos para o Espírito Santo habitar dentro de nós, e sua chegada é evidenciada pela Sua voz, falando por intermédio de nos "em outras línguas", como no Dia de pentecostes.

É ABSOLUTAMENTE NECESSÁRIO TER O SINAL INICIAL ANTES QUE QUALQUER OUTRO DOM POSSA SER OPERADO?
O padrão em todos os tempos é o Dia de pentecostes, quando os discípulos foram todos cheios do Espírito. Hoje, se desejamos ter certeza de que temos a experiência do Novo Testamento, devemos esperar falar em outras línguas ao recebermos o Espírito Santo. Se continuarmos a buscar também os melhores dons, o Senhor sem dúvida, irá concedê-los a nós, conforme Ele achar necessário.

É VERDADE QUE OS DONS TÊM SIDO MANIFESTADO POR INTERMÉDIO DE PESSOAS QUE NÃO FALARAM EM OUTRAS LÍNGUAS?
Essas pessoas que manifestam dons do Espírito sem aparentemente terem falado em outras línguas sem dúvida falaram alguma vez em línguas estranhas sem reconhecerem o fato, ou, se não falaram mesmo, tiveram o poder de falar, mas não usaram.

SE ELAS TIVERAM O PODER DE FALAR EM LÍNGUAS E NÃO O FIZERAM , PODEMOS DIZER QUE O FALAR EM LÍNGUAS É, NA VERDADE, O SINAL INICIAL?
Deixe-me recorrer à Grande Comissão que o Senhor Jesus deu aos Seus discípulos. Ele disse: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado (Mc 16. 15,16). Alguém pode ser salvo sem que seja batizado nas águas? Sem dúvida há inúmeras que são salvos sem serem batizados, mas o Senhor ordena expressamente o batismo.

COMO ISSO SE APLICA ÀQUELES QUE, APARENTEMENTE, RECEBERAM OS DONS DO ESPÍRITO E NÃO FICARAM CIENTES DE TEREM FALADO EM LÍNGUAS ANTERIORMENTE?
Há muitos que poderiam ter falado em outras línguas pelo poder de Deus, mas que extinguiram a manifestação ou não ficaram cientes dela. O exemplo do Dia de Pentecostes coloca o fala em línguas como dom inicial. Não podemos negar o primeiro sinal por causa de pessoas que receberam dons sem aparentemente falar em línguas. A ordem de Pentecostes é para todos, da maneira como o Espírito lhes conceder a expressão.

QUANDO ESTAMOS BUSCANDO O BATISMO, DIZEM QUE NÃO O RECEBEMOS DE FATO A MENOS QUE TENHAMOS FALADO EM LÍNGUAS. 
ISSO É CORRETO?
Não podemos fazer melhor do que aderir ao exemplo do Dia de pentecostes. O Senhor encheu Seus discípulos, que aguardavam o cumprimento de Sus promessa (At 1. 4,8), e eles, de fato, falaram em outras línguas. Se uma pessoa nesses dias diz que recebeu, mas, ainda assim, não falou em outras línguas, ela não terá uma experiência que seja como o "padrão". Talvez ela tenha tropeçado em falar em outras línguas e o extinguiu, ou ela era ignorante sobre isso e falhou em usar. Não devemos esquecer que o falar em outras línguas não é somente uma evidência inicial da habitação do Espírito Santo; é uma experiência contínua para o resto da vida, para auxílio na adoração a Deus. É uma corrente fluindo que nunca deve secar e que enriquecerá a vida espiritualmente.

COMO A INTERPRETAÇÃO DE LÍNGUAS CHEGA ATÉ NÓS?
É difícil descrever como os dons espirituais se manifestam em primeiro lugar.
A interpretação de línguas é simplesmente a habilidade de traduzir para uma língua conhecida o que foi falado em uma desconhecida. O possuidor do dom estará no Espírito no momento em que a expressão em outra língua for dada, uma vez que as palavras serão registradas no seu espírito e ele sentirá o deseja de falar o que Deus lhe conceder.



PRÓXIMO POST:
O DOM DE LÍNGUAS E O DOM DE INTERPRETAÇÃO
Final
x_3cebcff8
Image and video hosting by TinyPic


17 comentários:

  1. Oi querida, vim lhe desejar boa semana, beijos!

    ResponderExcluir
  2. Oi!! Texto claro e esclarecedor. Vou usá-lo em uma aula. Obrigada pelo teu abençoado blog.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Mulher .
    Mulher , mãe uma fera na defesa dos seus
    filhos.
    Mulher, avó segunda mãe jamais esquecida
    por um amor incondicional ,
    netos segunda gestação dos próprios filhos.
    Mulher ,bisavó nessa fase entendemos,
    nossa geração foi londe nosso amor foi infinito.
    Eu sou essa mulher .
    Sim..tia , irmã , mãe , avó , bisavó por isso venho te abraçar
    pelo Dia da Mulher.
    Por me sentir especial .
    Para você acreditar que tudo vale a pena
    quando abrimos a janela nosso coração ,
    e deixamos o amor entrar.
    A vida é eternizada por nós mesmo,
    não importa os obistaculos,
    que a vida coloca já que é impossível viver sem eles.
    Quero apenas ser lembrada com carinho.
    Mãe blogueira.
    Avó Blogueira.
    Por Fim bisavó blogueira.
    Sou essa mulher que veio
    para deixar um carinho no Dia das mulheres.
    Ser mulher é algo Divino.
    Desde ,que nos sentimos um ser especial
    diante de Deus.
    Parabéns não só a mulher,
    mais a eterna companheira .
    Beijos no coração carinhos na alma.
    Evanir.
    Mimo se gostar na postagem.

    ResponderExcluir
  4. Lucy, amiga vim aqui parabeniza-la pelo dia das mulheres. Que o bom Deus te abençoe sempre!
    Que seu dia seu um dia festivo. bjsss
    (depois eu volto aqui para ler a mensagem, agora estou com pressa)

    ResponderExcluir
  5. Olá,

    É como o apóstolo Paulo disse, que fala e não interpreta só edifica a si mesmo.

    Um abraço!

    ps.: parabéns por esse dia!

    ResponderExcluir
  6. Una maravilla, una entrada super completa, ha sido un verdadero placer leerte!
    Te dejo un fuerte abrazo, feliz día!

    ResponderExcluir
  7. Respostas
    1. TRADUÇÃO...

      Ser abençoado,não estressado.

      Excluir
  8. OBRIGADA PELA VISITA EM MEU BLOG
    http://fatinha-fbgs.blogspot.com.br

    VOCÊS JÁ ESTÃO ADICIONADOS.....

    ADOREI AS MATÉRIAS AQUI NO SEU ESPAÇO.....

    FK NA PAZ!!!

    ResponderExcluir
  9. Oi amiga, adorei a postagem, muito bom!
    Beijos e tenha uma linda semana!

    ResponderExcluir
  10. Hi Lucy,
    Thank you for visiting me today and leaving me the beautiful breakdown of Psalm 23.

    Blessings hon,
    <><

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. TRADUÇÃO...

      Oi Lucy,
      Obrigado por visitar-me hoje e me deixando a bela
      descrição dos Salmos

      Bênçãos

      Excluir
  11. Just checking back for any new items you may have posted.
    I left a note of invitation in the comment section on one of your past posts’ and invited you to follow my blog. Just in case it was accidently overlooked, just want you to know the invitation is still very much valid…and of course, I am already following your blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. TRADUÇÃO...

      Apenas a verificação de volta para quaisquer novos itens que você pode ter postado.
      Deixei um bilhete de convite na seção de comentários em um de seus últimos posts 'e convidou-o a seguir o meu blog. Apenas no caso foi acidentalmente esquecido, só quero que você saiba o convite ainda é muito válido ... e, claro, já estou seguindo o seu blog.

      Excluir
  12. Vim conhecer o blog e gostei demais.
    Tem belas postagens,com assuntos interessantes e explicativos.
    Abraços,
    Edna Ribeiro

    ResponderExcluir

Não serão publicados comentários com os seguintes conteúdos:
- Palavrões;
- Ofensas;
Fique na Paz!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...