sexta-feira, 20 de novembro de 2015

INCREDULIDADE: Repreende este espírito!



A incredulidade é basicamente toda forma de ceticismo que predomina em tudo o que é espiritual. Não apenas a falta de fé, mas toda forma de rebelião contra a verdade do Senhor. Onde quer que haja incredulidade, nunca será possível agradar a Deus; devemos buscá-Lo com fé para agradar-Lhe, crendo que Ele existe e é Galardoador dos que O buscam. (Hebreus 11. 6).

Antigamente em Israel, nos dias do profeta Eliseu, um rei da Síria chamado Ben-Hadade lançou um cerco à Samaria, capital de Israel. Isso levou a economia samaritana a uma terrível recessão, acarretando um grande aumento do preço dos alimentos. A hiperinflação fez com que a maioria das pessoas não tivesse condições de comprar nem o básico da alimentação.

A situação ficou tão desesperadora, que duas mulheres resolveram cozinhar e comer seus filhos, um de cada vez. (2º Reis 6. 29)!

Segundo a história, que se encontra em 2º Reis 7, no ápice da crise, quando as previsões do banco de Samaria e da reserva nacional samaritana eram as piores possíveis, um homem de Deus o profeta Eliseu, declarou que, em 24 horas, o preço dos itens da cesta básica cairia e voltaria ao mesmo preço que era antes de a crise começar. A profecia de Eliseu era totalmente contrária a todos os dados econômicos do governo -  não fazia sentido algum!

O conselheiro econômico do rei de Samaria disse a Elias que. mesmo que as janelas dos céus se abrissem, isso não aconteceria. Em outras palavras, a incredulidade dele era tamanha, que o impediu de crer que, se foi DEUS quem decidiu fazer um milagre, isso de fato aconteceria, Isso é o cúmulo da incredulidade. Não há nada pior do que isso! Aquele homem demonstrou um nível tão grande de descrença, que o profeta não teve outra escolha senão amaldiçoá-lo. Elias disse que ele veria o milagre acontecer com seus próprios olhos, mas não desfrutaria nada dele.

A profecia de Eliseu se cumpriu. Por meio da intervenção direta e da provisão de Deus; no dia seguinte, o preço dos gêneros de primeira necessidade caiu e voltou ao mesmo preço que era antes da crise. O rei então designou seu conselheiro econômico para supervisionar a venda e a distribuição dos alimentos para a população. Ele, de fato viu o milagre acontecer, mas não pôde desfrutar dele, pois morreu pisoteado quando as pessoas irromperam para comprar alimentos.



CONCLUSÃO

Em tempo de crise não deixe o espírito de incredulidade fazer morada em sua mente e coração. Busque a Deus com toda as suas forças e com todo seu entendimento.
Para Deus não há crise. Ele é o provedor e especialista em fazer MILAGRES.

NÃO TEMAS: 
Crê somente!

  
x_3e1c66cc photo x_3e1c66cc_zps06a001ac.gif



5 comentários:

  1. Oi querida Lucy. Boa esta palavra amiga. Eu diria que é a palavra certa na hora certa. “Como maçãs de ouro em salvas de prata, assim é a palavra dita a seu tempo.” Provérbios 25:11
    Um abraço minha amiga.

    ResponderExcluir
  2. Crê, é o que devemos fazer. Pois Temos um Deus que não conhece crise.
    Para Ele que é a fonte de tudo. Por isso todas as minhas fontes estão nEle. Parabéns pela abençoada reflexão. Bjs

    ResponderExcluir
  3. Vim retribuir a visita e conhecer seu blog. Amém pelas postagens, irmã.
    Uma ótima semana pra você.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Bom dia, Lucy!
    Maravilhoso texto!
    A crise existe, existiu e sempre existirá, porém o que muda em cada um é a Rocha onde está firmado. Adorei!!!
    Que Deus abençoe seu dia.
    Abraços.
    Márcia.

    ResponderExcluir
  5. Graça e paz!
    Passando pra retribuir sua visita no meu blog. e já seguindo o seu!

    ResponderExcluir

Não serão publicados comentários com os seguintes conteúdos:
- Palavrões;
- Ofensas;
Fique na Paz!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...