sábado, 13 de abril de 2013

NADA MAIS IMPORTA!


Meu marido e eu temos visto que, por todo o mundo, os cristãos estão a procura de algo. 
 Eles podem ter problemas diferentes e estar envolvidos em situações distintas, 
mas todos desejam saber o que é a verdadeira espiritualidade
e contemplar o verdadeiro poder de Deus!
Hoje em dia, muito do que vemos na igreja tem-se tornado performances teatrais, 
e algumas pessoas nem percebem isso. 
Assim, muito do que vemos não é real, mas os cristãos estão tão desesperados
 para ver sentir Deus que desejam acreditar em tudo. 
Todavia, a boa notícia é que Deus está desenvolvendo um exército ceifeiro,
 e este exército marchará por todo o mundo, 
munido do genuíno poder de Deus.
Essa marcha não incluirá apenas missionários ou ministros,
 mas todo cristão que desejar juntar-se a ela
 - no supermercado, 
nos estádios,
 no jardim da escola, 
no emprego - 
enquanto caminha pela rua. 
Sua mente sempre estará ponderando tais questões: 
"O que Deus quer?
O que Deus está fazendo?
Quando Jesus vai voltar?
De quanto tempo dispomos? 
Será que essa pessoa que mora perto de casa terá a oportunidade
 de ouvir uma outra mensagem evangélica?
Será que as pessoas dentro daquele carro, que está descendo a rua, 
terão uma outra chance de serem salvas?" 

A compaixão surgirá nesse exército de cristão, e eles descobrirão que a verdadeira demonstração de poder normalmente consiste em alcançar os perdidos. 
Jesus tinha compaixão e possuía essa verdadeira demonstração de poder! 
Assim, devemos olhar para o ministério de Cristo.
 Devemos olhar para a Sua vida, pois Ele é o modelo ao qual devemos ser semelhantes. 
Somos chamados cristãos, pessoas iguais a Cristo! 
Os primeiros discípulos foram chamados de cristãos. 
Por que? 
Porque eram semelhantes a Cristo. De que forma eles se pareciam com Cristo? 
Eles se ocupavam com o negócio de Seu Pai e causavam impacto tanto
 sobre os ricos quanto sobre os pobres.
 A mensagem que levavam fazia com que os homens reavaliassem sua direção e seu propósito.
 Em primeiro lugar, 
os primeiros discípulos apresentavam para a estrutura religiosa vigente um Salvador ressurreto, mas logo buscavam, principalmente, as "samarias" da Terra. 
Assim como Jesus, eles eram compelidos a uma vila carente, e depois a outra, e a outra, até alcançarem os limites do mundo conhecido da época.
 Não há quem seja tão ruim que não possa receber a verdade e ser modificado. Não há necessidade que estejam além do poder miraculoso de Deus. Cristo Jesus continuou vivendo por intermédio dos discípulos e de Seus convertidos.

A única coisa que realmente simboliza o ministério de Cristo é o fato de que nada mais importava para Ele a não ser fazer a obra de Seu Pai. Somos tentados a pensar: 
"Ah, mas Ele era o Filho de Deus.
 Ele nasceu de uma virgem, e isso O diferencia de nós".
 É verdade. 
Nesse ponto, 
Ele foi diferente.
 Entretanto, o mesmo Espírito Santo que fez mais importante do que
 Maria veio sobre nós quando recebemos a Cristo. 
Nosso novo nascimento é tão miraculoso quanto foi o nascimento de Jesus.
Somos criados à imagem de Deus, o que faz com que Satanás nos odeie. 
Quando Deus enviou Seu único Filho ao mundo para morrer por nós, 
Seu propósito foi redimir-nos do maligno.
 Ele disse que, quando cremos, tornamo-nos Seus filhos, 
os quais podem crescer e ser guiados pelo Seu Espírito! 
Aleluia!
Você não precisa implorar por isso.
 Trata-se de um direito que você possui quando nasce espiritualmente!

Atualmente, os cristãos tentam agradar a seu Pai Celestial, 
frequentando inúmeros seminários e lendo uma grande quantidade de livros. 
Agradeça a Deus pelos bons livros. 
Leia vários deles. Continue buscando... 
Mas reconheça quem é o nosso Pai Celestial, e, 
se você quiser realmente agradar-Lhe, olhe para a vida de Jesus. 
Nada mais importava para Ele, 
mas apenas que o Pai queria que Ele fizesse.
Você deve perceber Jesus, embora Filho de Deus, também foi um homem. 
Se não fosse um homem, não teria sido legal o que fez na cruz. 
Ele tinha de ser homem a fim de morrer na cruz.
 Se não fosse um homem, 
Seu sangue não teria significado coisa alguma nas cortes celestiais. 
O sangue de uma divindade não teria valido.
 Tinha de ser um homem mesclado com Deus a fim de fazer o sacrifício perfeito.
 Jesus disse:
Pai, se é possível, passa de mim este cálice[tormento e dor].Se for possível! Todavia, não seja como eu quero, mas como tu queres
(Lc 22. 42) 
Em outras palavras: 
"Nada mais importa para mim a não ser fazer o que Tu queres!"
Quando os primeiros discípulos entraram em cena e começaram a seguir Jesus foram cativados por Ele. 
Aqueles homens não compreendiam, mas havia uma "pressão" exercida pelo Espírito Santo que fazia com que deixassem suas redes.
 O Espírito Santo fez com que um deles abandonasse sua prática médica,
 e outro deixasse de cobrar impostos.
 Essa "pressão" fez com que eles realizassem tudo o que o Espírito de Deus lhes dizia. 
Jesus disse: 
"Segui-me". 
Se Ele tivesse dito "Permanecei aqui", 
eles teriam permanecido, mas foi a "pressão" que fez com que abandonassem tudo.
Naquela época, Deus estava à procura de homens e mulheres para
 os quais nada mais importasse a não ser o que Ele queria. 
Embora seus compromissos parecessem efêmeros às vezes, 
Deus via dentro deles essa disposição. 
Devemos perguntar a nós mesmos:
"Será que essa mesma disposição existe em mim?"
Quando os discípulos receberam o Espírito de Deus, 
eles compreenderam, pelo mesmo Espírito, qual era a função que deveriam desempenhar. 
Deus viu neles a mesma disposição para ser tudo o que Ele queria que fossem. 
Deus constatou neles a possibilidade de nada mais lhes ser importante. 
Nada mais importaria para aquelas criaturas que Ele  havia criado; 
para os homens aos quais foi designado, 
de geração em geração, nascer à Sua imagem,
 com livre-arbítrio e habilidade de serem feitos filhos de Deus.
 Ele viu dentro daquelas pessoas a habilidade para segui-Lo.
Se disponha a segui-Lo e fazer somente a Sua vontade!

x_3cebcff8


6 comentários:

  1. Excelente e exigente reflexão em nossa prática diária!
    Abraço, Célia.

    ResponderExcluir
  2. Que Deus ache em nós verdadeiros adoradores
    afim de que o mundo veja Cristo em nós. Boa reflexão
    Lucy bjssss fica na paz

    ResponderExcluir
  3. Olá, estou seguindo estes dois blogs:
    http://discipulodecristo7.blogspot.com/
    http://frutodoespirito9.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Não serão publicados comentários com os seguintes conteúdos:
- Palavrões;
- Ofensas;
Fique na Paz!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...