segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

O DOM DE CURA - Parte 2



PODE-SE DIZER QUE QUEM EXPULSA DEMÔNIOS TEM O DOM DE CURAS?
Raramente. A expulsão de espíritos imundos não é, talvez, inclusa sob a cura, pois não se trata de doença, mas de espírito demoníaco. A expulsão de espíritos imundos deve ser classificada sob o dom da fé, campo em que as forças espirituais são tratadas. Todavia, quando os espíritos são expulsos, os órgãos da fala, por exemplo, são frequentemente liberados, o que sugere "cura". Na realidade, é um livramento, mais do que a recuperação de um órgão doente.

PORQUE HÁ HOMENS QUE SÃO USADOS COM IMPOSIÇÕES DE MÃOS, MAS AINDA ASSIM ELES MESMOS SOFREM?
A razão é que, provavelmente,  há uma grande diferença entre dons do Espírito nas manifestações e a cura divina como possessão pessoal. Nenhum dom nos é concedido com fins puramente egoístas, para abençoar-nos. Deus concede os dons de cura para que possamos ser um canal de bênção para os outros.

COMO DEVEMOS BUSCAR A CURA PARA NÓS?
Buscamos a cura pela oração direta a Deus, como está escrito: Esta alguém entre vós aflito? Ore. (Tg 5. 13a). Podemos, também, pedir aos outros que orem por nós, mas seria um procedimento estranho impor as mãos sobre nos mesmos. Quando o Senhor Jesus foi tentado a providenciar Sua necessidade física com o poder de Deus, Ele rejeitou a sugestão como errada por preceito (Mt 4. 3,4). O poder divino nos foi concedido a fim que nos tornássemos canais de bênçãos para os outros. Impor as mãos sobre nós mesmos sugeriria que estávamos completos, autossuficientes, e não membros um do outro, dependentes um do outro.

DEVE UM MARIDO, PORTANTO, ABSTER-SE DE ORAR POR SUA PRÓPRIA ESPOSA E POR SEUS FILHOS?
Embora a união do casamento torne o marido e a esposa um no Senhor, eles ainda permanecem duas pessoas distintas. É incumbência do marido, portanto, orar quando sua família está doente, assim como ele deve prover para os seus o sustento.

DIZ-SE EM TIAGO 5. 14b: CHAME OS PRESBÍTEROS DA IGREJA. TODOS OS PRESBÍTEROS TÊM OS DONS DE CURA?
Os presbíteros da igreja são designados nesse capítulo como homens justos. A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos (Tg 5. 16b). Se os homens no ofício de presbítero orarem fervorosamente quando os membros da igreja estiverem doentes, Deus curará em respostas às suas fervorosas orações, independentemente dos dons de cura.

SE ALGUÉM FOR CURADO E UMA PESSOA SOMENTE TIVER ORADO POR ELA, PODEMOS DIZER QUE ESSA PESSOA POSSUI O DOM DE CURA?
A pessoa pode estar orando como um homem justo; nesse caso, Deus responderia nessa base. Pode ainda, de fato, possuir dons de cura. Um presbítero é um homem adulto, mas, com respeito à manifestação espiritual, uma criança poderia ter dons de cura. Todavia, uma criança não pode ser presbítero Samuel, quando era uma criança, não era presbítero, embora fosse profeta. Se, portanto, a cura é uma manifestação dos dons de cura, a pessoa pode possuir esse tipo de dom, e mais manifestações podem razoavelmente ser esperadas.

O DOENTE PODE SER CURADO POR MEIO DO PODER DO DEMÔNIO?
Pode haver curas aparentes. Quando os agentes do mal afligem as pessoas com algumas queixas, Satanás, no interesse do seu próprio reino, pode exigir que esses agentes cedam suas prisões a fim de que a cura possa trazer glória para ele; tal fato seria considerado uma manifestação falsa. Estamos, contudo, de fato lidando nesta discussão com os dons do Espírito Santo, não com falsificação satânicas.

QUAL O TIPO DE FÉ EXPRESSA EM TIAGO 5. 15a: E A ORAÇÃO DA FÉ SALVARA O DOENTE?
Essa é a fé do homem justo, como sugerido antes. Se o presbítero que estava orando não cresse na cura divina, então sua oração seria inútil. Mas a oração da fé, expressando crença e fervor, realizada por um homem justo, será respondida.

UMA PESSOA QUE TEM O DOM DE CURA DEVE IMPOR AS MÃOS SOBRE OS INCRÉDULOS?
Sim. Os dons de cura podem ser manifestados a todas as pessoas sem distinção, com o intuito de levar ao Senhor aqueles que não são convertidos. Quando uma pessoa que ainda não se converteu ao Evangelho experimenta, no seu próprio corpo, o poder de cura do Senhor, ela fica em geral mais desejosa de receber Jesus como Salvador.

POR QUE MUITOS NÃO SÃO CURADOS AO RECEBEREM A ORAÇÃO?
A resposta é que provavelmente não há tantos dons de cura possuídos como gostaríamos de ver. Podemos fazer outras perguntas paralelas: 
Por que não são vistos mais milagres nos dias de hoje? 
Por que o dom da fé não está mais em operação?" etc. 
Sem dúvida, porque não temos sido fervorosos o bastante em relação aos dons do Espírito.

OUVIMOS COM FREQUÊNCIA QUE SE SUPLICA QUE O SENHOR OPERE DE FORMA SOBRENATURAL; NO ENTANTO, ELE PODE ESTAR NA REALIDADE ESPERANDO POR ALGUÉM POR QUEM ELE POSSA OPERAR?
Sim. Deus está buscando aqueles que êm sede do poder de Seu Espírito, que anseiam Seus dons. Devemos ser fervorosos em relação aos assuntos espirituais. Temos de orar com intensidade e fé antes de o Senhor operar poderosamente. Jesus disse: Pedi, e dar-se-vos-á (Lc 11. 9b). Ele foi além e disse: Buscai, e achareis; e outra vez: batei, e abrir-se-vos-á (Lc 11. 9c,d). Parece que há três estágios quando se busca a Deus, Jesus falou sobre o espírito imundo que os discípulos não conseguiam expulsar:  Esta casta não pode sair com coisa alguma, a não ser com oração e jejum (Mc 9. 29b). É obvio que até um dom pode não funcionar em certas ocasiões sem uma condição de alma muito intensa espiritualmente.

QUAL A DIFERENÇA, APRESENTADA EM TIAGO 5. 13,14, ENTRE O AFLITO E O DOENTE?
Reparamos que, na primeira situação, é dito: ore e, na segunda, orem sobre ele. Se a pessoa estiver aflita e puder orar por si, é bom fazê-lo. Quando, porém, a pessoa está em uma condição na qual ela não pode orar por si mesma, então a situação é séria, a doença é tal, que a oração pessoal não é suficiente, e os presbíteros da igreja devem ser chamados para ajudar.

PESSOAS COM QUEIXAS PEQUENAS DEVEM CHAMAR OS PRESBÍTEROS?
Não. Chamá-los indica que a pessoa está confinada na cama, ou que a enfermidade é tão séria, que a pessoa desamparada não pode obter o livramento.

QUANDO UMA PESSOA VEM À FRENTE PARA RECEBER UMA ORAÇÃO EM UM CULTO, OS PRESBÍTEROS DEVEM ORAR COM ELA?
Como já foi relatado, um pessoa pode estar em uma séria condição sem estar confinada em uma cama. Ela pode ter um tumor maligno, e, ainda assim, ser capaz de ir à igreja. A pessoa nessa condição deve chamar os presbíteros, mas, caso os chame para uma queixa pequena, demonstrará falta de discernimento espiritual e fé.

O QUE DIZER SOBRE O QUE ESTÁ NAS ESCRITURAS: ORAI UNS PELOS OUTROS (Tg 5. 16b)?
Devemos orar uns pelos outros como membros da comunidade, mas a primeira atitude a se tomar é orar por nós mesmos.


PRÓXIMO POST:
O DOM DE CURA
Final


x_3cebcff8





  Image and video hosting by TinyPic

19 comentários:

  1. A Paz do Senhor querida irmã em Cristo. Uma curiosidade que me chamou a atenção no seu tópico quanto a quem tem o dom da libertação não necessariamente tenha o dom de cura.

    UMA HISTÓRIA REAL: Há tempos atrás ALGUÉM FOI ARREBATADO EM ESPIRITO por breves instantes e O Senhor disse-lhe por duas vezes:"EU VOU TE DAR O DOM DE LIBERTAÇÃO E CURA DIVINA. O Senhor disse o Dom e não os dons!

    Veja I Coríntios:12:7 Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um, para o que for útil.
    8 Porque a um pelo Espírito é dada a palavra da sabedoria; e a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciência;
    9 E a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; e a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar;
    10 E a outro a operação de maravilhas; e a outro a profecia; e a outro o dom de discernir os espíritos; e a outro a variedade de línguas; e a outro a interpretação das línguas.
    11 Mas um só e o mesmo Espírito opera todas estas coisas, repartindo particularmente a cada um como quer.

    Engraçado não é? Não fala em libertação.

    No entanto a libertação é uma cura também.Livre do mal, livre das doenças intrínsecas a ele.

    Perdão pela intromissão.


    "É HORA DE DESPERTAR" luisdornelesdeoliveira.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado irmão Luis Dorneles,

      A expulsão de espíritos imundos (LIBERTAÇÃO) deve ser classificada sob o dom da fé, campo em que as forças espirituais são tratadas.

      Todavia, quando os espíritos são expulsos, os órgãos da fala, por exemplo, são frequentemente liberados, o que sugere "cura". Na realidade, é um livramento, mais do que a recuperação de um órgão doente.

      Em Cristo,

      Excluir
  2. Oi lindona!
    Que post lindo sobre o dom da cura!
    Acredito que tudo parte da nossa fé e perseverança nas orações!
    Fique com Deus!
    beijos

    ResponderExcluir
  3. A cura, seja ela física ou não, é um tema complexo e não tenho conhecimentos para falar sobre o assunto. Mas achei interessante.
    Tem um Feliz Natal, extensivo aos que te são mais queridos.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  4. Os dons são bíblicos. O Senhor dá a quem ele deseja. Quanto à imposição de mãos e os próprios que as impõem sofrerem doenças, isto também é bíblico. A palavra nos ensina que os males veem para justos e injustos.É inerente ao homem.
    Deus te abençoe!

    ResponderExcluir
  5. Gostei demais do seu blog! Uma benção! Obrigada por visitar o meu. Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Saudações Lucy, vim agradecer e retribuir sua gentil visita.
    Cordial abraço, saúde e paz.

    ResponderExcluir
  7. Olá tudo na paz!

    Muito bacana teu espaço, gostei bastante!
    Agradeço a visita lá no meu blog e volte sempre!
    bjs e boa semana!

    ResponderExcluir
  8. Olá Lucy! Amei sua visitinha linda! Seu blog é uma bênção!! Um Feliz Natal e um ano novo na presença do SENHOR, para vc tbm! Bjoks!

    ResponderExcluir
  9. Querida amiga

    Que neste Natal,
    diante das pessoas que amamos,
    possamos ofertar a elas,
    o melhor presente
    que desejassem receber:
    Nossa vida...
    Nosso carinho...
    Nosso coração.

    Para quem crê na vida,
    Natal se faz a cada dia.
    Que assim seja o Natal
    Em tua vida.

    Aluísio Cavalcante Jr.

    ResponderExcluir
  10. Olá, Fiquei 2 meses sem NET, mas ela voltou e eu também. Vim, te visitar e te oferecer o cartão de Natal do Toque . Que o Senhor continue te abençoando-San

    ResponderExcluir
  11. Olá, irmã Lucy! obg pelas suas palavras no meu Blog.
    Adorei o formato do seu o qual é tbm mto esclarecedor e edificante. Que o Senhor continue te usando mais e mais para o louvor dEle e a salvação e edificação de muitos.

    ResponderExcluir
  12. Oi amiga!
    Seu trabalho cada vez mais iluminado.Parabéns pelas postagens e agradeço de coração suas visitas,sua amizade e que continuemos com muita saúde,paz,amor e sucesso em 2013.Dedico a vc o selinho especial de Natal que fiz com carinho para cada amigo da blogosfera.Mundo encantado de belas pessoas que Deus tem colocado no meu caminho.
    LINK PARA O SELINHO:
    http://rosangelaprendizagem.blogspot.com.br/2012/12/especial-de-natal-selinho-para-voce.html
    Bjos e até mais!

    ResponderExcluir
  13. Amados, entrei no seu abençoado blog, e verifiquei que aqui há vida, e que o amor de Jesus impera.
    Dou-lhe os parabéns por este belo blog, que é mais uma ferramenta para levar a Palavra de Deus.
    Vim também para desejar-vos um feliz Natal e que o ano novo seja cheio de grandes vitórias em Cristo Jesus.
    Fique na paz de Jesus.
    António Batalha.

    ResponderExcluir
  14. Irmã Lucy. Gostei de ler muito bom: Um Santo e Feliz Natal,
    Beijos
    Santa Cruz

    ResponderExcluir
  15. **.°★。˛ °. *★* *˛. Feliz Navidad y Próspero Año Nuevo˛ °_██_* ˛. (´• ̮•)*˛°ƸӜƷ ¸.•°*”˜ ƸӜƷ ˜”*°•. ✫** .°( . • . ) ˛°.ƸӜƷ ¸.•°*”˜ ƸӜƷ ˜”*°•. ✫** *(...'•'.. ) *˛╬╬╬╬╬----♥Con todo mi amor ♥
    Maribel

    ResponderExcluir
  16. Muitas vezes deixamos o tempo passar e não percebemos que não realizamos as coisas ou vivemos os sentimentos que mais gostariamos, então passou o ano e a idade chega, e tudo foi tão rápido...quem dera pudessemos ter a chance de mais um dia na revanche da vida para poder dizer Perdão,obrigada, posso ajudá-la...
    Deixo um abraço fraternal,
    Bj
    Nicinha

    ResponderExcluir
  17. Belo blogs, onde o amor de Jesus impera e se fala da necessidade maior da Fé.
    Eu o creio!
    O amor de Jesus pelos pobres pecadores funda-se no conhecimento do amor preveniente e misericordioso de Deus. Dando-nos a conhecer no Deus todo-poderoso e santo o Deus da graça e da misericódia de que tanto necessitamos.

    Maria luísa

    ResponderExcluir

Não serão publicados comentários com os seguintes conteúdos:
- Palavrões;
- Ofensas;
Fique na Paz!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...